Bom dia - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Sábado, 28 de Março de 2015 - Agora são: 06:18:37 Você esta aqui : Home - Frei Tibúrcio
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Frei Tibúrcio

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

A  fome ...

Quem vê as posturas do prefeito Ivar Cerqueira (PSB) e do deputado estadual Glaycon Franco (PTN) entende que os dois são de outro mundo, outra cidade, menos Lafaiete. A razão é simples: Ivar ainda não engoliu , com todo respeito, a traulitada do último arranca-rabo eleitoral e Glaycon acha que, por causa da vitória maiúscula no mesmo pleito, pode mandar em tudo, impor sua vontade contra tudo e contra todos.

... e a vontade de comer

Das duas uma: ou as duas lideranças calçam, desde já, as sandálias da humildade e começam a trabalhar pela abandonada Lafaiete ou passarão à história como dois políticos que não souberam lidar com a derrota e muito menos com a vitória. Lafaiete e seu povo são muito maiores e importantes que Cerqueira e Franco. Oremos!

Cruzes

Salta aos olhos a falta de interesse do presidente da Egrégia Municipal, João Paulo Pé Quente, nas questões envolvendo o Guarany Esporte Clube. A praça de esporte do centenário clube lafaietense foi completamente destruída em nome de um projeto que ninguém sabe onde está, como foi feito, e que não anda nunca. A razão do espanto é simples: o pai de João Paulo, o saudoso Valdir Pé Quente, era um baluarte do “Vovô da Colina” e um dos seus incentivadores mais fiéis.

Até que enfim

Depois de mais de 45 dias de férias, a rapaziada da Câmara Municipal de Lafaiete voltou à labuta. Antes tarde do que nunca.

 

Comercial Rinoldi pode deixar o município a qualquer momento

E-mail Imprimir PDF

A empresa Comercial Exportadora Rinoldi pode deixar Lafaiete a qualquer momento. O motivo, segundo apurou a coluna Frei Tibúrcio, é uma divergência com a Prefeitura de Lafaiete.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 14 de fevereiro de 2015

 

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Que coisa (1)

A reportagem do Jornal CORREIO esteve na lagoa da Copasa, nesta semana, e constatou o óbvio: o espelho d’água daquele outrora reservatório, que abastece 90% da população lafaietense, está secando num ritmo assustador. Além disso, desde o dia 5 não chove forte na cidade e as consequências são as piores possíveis: mananciais, represas e minas diminuindo acentuadamente e um filete de esgoto corre a céu aberto onde antes tinha o rio Bananeiras. Oremos!

Que coisa (2)

Das duas uma: ou a Copasa-MG sai da moita e anuncia um plano de contingência para conter o uso inconsequente e irresponsável da água nossa de cada dia, ou, em março, estaremos sem o precioso líquido sequer para beber.

Realidade

Sem meias palavras: a falta d’água e o racionamento serão nossos companheiros de agora em diante. O homem, infelizmente, conseguiu o seu intento e a natureza mostra a sua cara e dá sua resposta.

Impressionante

Pelo menos 50% das obras civis que estão sendo construídas em Lafaiete, encontram-se irregulares. A denúncia é do Sindicato da Construção Civil e está sendo publicada na página 43, desta edição. Vale à pena dar uma conferida no belo texto.

Posse

Dia 1° de fevereiro, toma posse na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) o agora e de fato deputado Glaycon Franco (PTN). Apesar de ter sido eleito no bloco de oposição ao atual governador, espera-se que o parlamentar consiga carrear recursos e obras para nossa cidade. Oremos.

Última atualização ( Sex, 30 de Janeiro de 2015 13:40 )
 
Página 3 de 66
Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria chamou mais a sua atenção?
 

Enquete 2

Na sua opinião, qual o maior problema de Conselheiro Lafaiete?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 104 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 7780067

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro PAGINAÇÃO GRÁFICA: Cláudia Mara / Daniel Vieira / Raquel Gonçalves Martins REPORTAGEM: Frances Santana / Caroline França / Rafaela Melo / Hugo Pacheco Jr. PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 23 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 23 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.

feed-image Fique por dentro!