Bom dia - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Sexta-Feira, 27 de Fevereiro de 2015 - Agora são: 10:04:25 Você esta aqui : Home - Frei Tibúrcio
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Frei Tibúrcio

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Que coisa

Chegou ao genuflexório da coluna a informação de que pode haver novidades na Prefeitura Municipal de Ouro Branco já a partir de janeiro. Segundo consta, pode ser que a prefeita Cida Campos deixe a prefeitura por livre e espontânea vontade. Que coisa, hein!

Dificuldade

As dificuldades inerentes ao cargo e os muitos problemas vividos nos últimos dois anos devem provocar mudanças na postura do atual prefeito de Lafaiete, Ivar de Almeida Cerqueira Neto. Segundo apurou a coluna, Cerqueira deve começar 2015 passando, literalmente, o facão em cargos de comissão de seu governo. São esperadas muitas demissões já a partir de dezembro, mas o grosso mesmo deve ser divulgado em janeiro, quando se inicia o ano novo.

Crise?

O momento, de acordo com um sobrinho deste abade, é de crise em todos os setores da Prefeitura, que foi agravada pela derrota fragorosa do candidato oficial nas eleições de 5 de outubro.  Segundo consta, Ivar quer cortar na própria carne para reconquistar, nos dois últimos anos de mandato, a sua popularidade de outrora.

Prove

O Projeto Voto Ético (Prove) vai entregar, dia 1º  de dezembro, uma carta de intenções ao deputado eleito da cidade, Glaycon Franco, como forma de marcar a postura do grupo para os próximos anos. O Prove não dará trégua ao deputado e vai cobrar ação, trabalho e, principalmente, resultados.

Final dos sonhos

Volto a afirmar: que me perdoem os cariocas, paulistas e a mineirada que torce para times de outros estados, mas uma final da Copa do Brasil entre Galo e Raposa é coisa de outro mundo. Aliás, as viradas e goleadas do Galo são coisas de cinema e merecem tornar-se filmes. Que vença o melhor, mas o Galão já ganhou a primeira...

Aposta

Aliás, este intolerável escriba chama para uma aposta o confrade padre Zé Maria e o alcaide Ivar Cerqueira e propõe como prêmio de consolação para quem perder a final da Copa do Brasil um penico velho de presente. O que acham? Eu aceito o desafio.

 

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Que coisa (1)

Continuam chegando, ao genuflexório da coluna, denúncias sobre o uso exagerado e na hora do serviço do aplicativo WhatsApp. Segundo cons­ta, alguns funcionários que trabalham no prédio principal da Prefeitura, na avenida Mário Rodrigues Pereira, estariam deixando de trabalhar para ficar “zapiando” na hora da labuta. Será que a PMCL não está pagando o salário dessas pessoas?

Que coisa (2)

Mais uma vez, lembramos que a denúncia é séria e precisa ser investigada, a fundo, pelo prefeito Ivar Cerqueira e seu chefe de gabinete. Afinal de contas, dinheiro público é coisa séria.

Educação

Consta que o vice-prefeito, Darci Tavares, deve retornar à Secretaria Municipal de Edu­ca­ção em janeiro. A ideia, segundo ele, é retomar os projetos e metas, que tiveram que ser abortados logo após a sua saída da pasta. A vol­ta, conforme apurou a coluna, é condição sine qua non para Tavares continuar apoiando o atual governo municipal. Sem isso, ele migra para a oposição, sem dó nem piedade.

Absurdo

Uma jornalista do Jornal CORREIO ligou para o 190 da PM, por volta das 22h30 de quarta-feira, dia 12, durante o jogo entre Atlético e Cruzeiro, pela primeira partida da final da Copa do Brasil, avisando que os torcedores dos dois times es­tavam prestes a entrar numa briga de gran­­des proporções. Para a surpresa da jor­­nalista, a atendente, no entanto, em vez de agradecer e chamar as viaturas, criticou-a, perguntando se ela não estava prevendo uma briga que ainda não tinha nem começado. O resultado todos já devem sa­ber: as portas de vidros do restaurante King Grill, que fica na avenida Telésforo Re­sende, foram estraçalhadas e algumas pes­soas se machucaram. Tem hora que dá ver­gonha de ser brasileiro. É difícil viver num lugar assim, meu Deus.

Final dos sonhos

Volto a afirmar: que me perdoem os cariocas, paulistas e a mineirada que torce para times de outros estados, mas uma fi­nal da Copa do Brasil entre Galo e Cru­zei­ro é coisa de outro mundo. Aliás, as viradas do Galo são coisas de cinema e me­re­cem tornar-se filmes. Que vença o me­lhor, mas o Galão já ganhou a primeira.

 

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Interlocução

Consta que o ex-prefeito Júlio César de Almeida Barros, pré-candidato a prefeito em 2016, tem um encontro marcado com o governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel, na semana que vem, para discutir problemas e demandas de Lafaiete. O objetivo do encontro, segundo apurou a coluna, é pavimentar a interlocução com o novo governador, garantindo recursos para Lafaiete já a partir do ano que vem. Tá com moral o cara, hein!

Que coisa ( 1 )

Chegou ao genuflexório desta coluna uma denúncia muito séria, encaminhada por uma fonte também muito séria e isenta. Trata-se do uso exagerado e na hora do serviço do aplicativo WhatsApp. Segundo consta, alguns funcionários que trabalham no prédio principal da Prefeitura, na avenida Mário Rodrigues Pereira, estariam deixando de trabalhar para ficar “zapiando” na hora da labuta. Será que a PMCL não está pagando o salário dessas pessoas?

Que coisa ( 2 )

A denúncia é séria e precisa ser investigada a fundo pelo  prefeito Ivar Cerqueira e seu chefe de gabinete. Afinal de contas, dinheiro público é coisa séria.

Final dos sonhos

Que me perdoem os cariocas, paulistas e a mineirada que torce para times de outros estados, mas uma final da Copa do Brasil entre Galo e Cruzeiro é coisa de outro mundo. Aliás, as viradas do Galo são coisas de cinema e merecem torna-se filmes. Que vença o melhor.

Oremos

Oremos e aguardemos, meus leitores queridos.

 
Página 3 de 65
Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria chamou mais a sua atenção?
 

Enquete 2

Na sua opinião, qual o maior problema de Conselheiro Lafaiete?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 188 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 7581042

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro PAGINAÇÃO GRÁFICA: Cláudia Mara / Daniel Vieira / Raquel Gonçalves Martins REPORTAGEM: Frances Santana / Caroline França / Rafaela Melo / Hugo Pacheco Jr. PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 23 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 23 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.

feed-image Fique por dentro!