Bom dia - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Sábado, 20 de Dezembro de 2014 - Agora são: 11:37:19 Você esta aqui : Home - Frei Tibúrcio
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Frei Tibúrcio

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Cidade sem lei (1)

Já faz quatro meses (QUATRO MESES) que um buraco atormenta a vida de quem paga seus impostos, religiosamente, na rua dos Inconfidentes, em frente ao número 221, no bairro Fonte Grande. A coluna já perdeu a conta de quantos motoristas quebraram amortecedores e tiveram seus pneus furados por causa daquela loca indesejada. O estranho é que ninguém da Prefeitura toma providências. Será que a tarefa de tapar um miserável buraco precisa passar, também, pelo crivo da LEGALIDADE. Pelo amor de Deus, ajuda nós aí, dr. Ivar.

Cidade sem lei (2)

Em Osasco, na grande São Paulo, assim como em várias cidades do país, as leis são cumpridas, religiosamente, sem dó nem piedade. Lá a Prefeitura aplica multa para quem abusa da lei do silêncio com esses carros turbinados de som que infernizam a vida da população. O buraco lá, ao contrário de cá, é mais embaixo.

Cidade sem lei (3)

Aqui em Lafaiete, além do abuso do carro de som, os caras fumam droga, cheiram cocaína, mijam em qualquer lugar, cagam em plena via pública e, pasmem, fazem sexo atrás das caçambas de entulho. Foi isso que aconteceu na noite do último domingo, quase na esquina da rua Dudu Nascimento, com a avenida Telésforo Cândido de Rezende.

Cidade sem lei (4)

Em Lafaiete só existem direitos, as regras e as leis não são cumpridas, não há fiscalização e todo mundo finge que tá tudo bem. Enquanto isso, uma minoria de bandidos faz o que quer e o que bem entende. Não demora, não demora, e vão acontecer estupros à luz do dia e na frente das pessoas de bem. É isso que vocês querem para Lafaiete. Vade retro, bagunça institucionalizada.

Que transparência?

A Câmara Municipal de Lafaiete fala em transparência, mas só atualizou seu site, mesmo assim de forma paliativa, depois que a Reportagem do Jornal CORREIO começou a investigar e a pegar pesado com os responsáveis. Ele estava atrasado desde 2013.

 

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Policlínica

Lamentável, mas profundamente la­men­tável, a saída prematura de mais um diretor da Policlínica Municipal de nossa cidade. A Saúde é um setor vital e, por isso, os pedidos de demissões constantes, em pouco mais de um ano e meio do atual governo, deixa a todos de cabelo em pé. Nessa hora, não dá para tripudiar, pelo contrário, torcemos para que aquele importante local ganhe logo um novo diretor e a situação volte a ser normalizar para o bem da cidade.

Horror

De uma lafaietense sobre a crise da mobilidade urbana: “A falta de investimentos no trânsito transforma CL num laboratório de experiências mal sucedidas”. Leia reportagem completa na página 10 desta edição.

Apac

Um condenado a 15 anos por matar uma pessoa a machadadas, que cumpria pena em regime semiaberto na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) está foragido e foi acusado de matar uma adolescente de 17 anos na quarta-feira, dia 3. Para quem não sabe, a Apac funciona na antiga sede da ACM, no bairro Linhazinha.

No CORREIO

No Jornal CORREIO a opinião do outro é sempre respeitada e publicada, custe o que custar e doa a quem doer.

Lei Seca

A PM anuncia, com exclusividade, na página 43 desta edição, que vai jogar pesado com os bebuns de Lafaiete. A partir deste fim de semana, serão intensificadas as blitzen da Leia Seca, principalmente na Telésforo Resende, conhecida nos meios populares, como a “Passarela do álcool” do município. O bicho vai pegar, minha gente.

 

Frei Tibúrcio

E-mail Imprimir PDF

Buracos
Tá difícil, mas muito difícil, andar de carro pelas ladeiras e vias públicas de nossa gloriosa cidade. Tem buraco que já fez aniversário de quase dois meses. Um horror para os motoristas e, principalmente, para os pneus de nossos bólidos. Cruzes!

Racionamento?
Embora a Copasa negue veementemente, a possibilidade de haver racionamento de água em Lafaiete é muito grande. Por isso, é importante que cada um de nós se conscientize da importância da água e passe a economizar o precioso líquido. No mundo, se consegue viver sem quase tudo, menos sem a nossa água de cada dia. Fiquemos atentos, minha gente.

Sugestão
O intrépido vereador Benito Laporte questionou a reportagem do Jornal CORREIO sobre a senhora, de nome Nair Paula, que ficou paraplégica e encontra-se em coma no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. De acordo com o edil, veja reportagem na página 2 desta edição, a informação do jornal não procede. Para ajudar Benito, a coluna está revelando o número do quarto, a ala do CTI e o telefone do hospital, para que o simpático parlamentar possa fazer uma visita à senhora, que luta, desesperadamente, pela vida. Pode anotar vereador: sala 305, leito 5. O telefone é: 3239-9200.  

O maior
Será difícil, mas muito difícil mesmo, para o confrade padre Zé Maria, e o inestimável dr. Ivar Cerqueira explicarem para seus fãs a razão de o Galão da Massa ter mais torcida que a Raposa Querida no Brasil e, principalmente, em Minas. E agora, Zé Maria? E agora, dr. Ivar?

O melhor
Brigas e picuinhas à parte, a região do Alto Paraopeba tem plenas condições de eleger de uma veizada só dois deputados estaduais e um federal, sem dever nada a ninguém. Vai ser a nossa redenção. Oremos!

 
Página 3 de 63
Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria chamou mais a sua atenção?
 

Enquete 2

Na sua opinião, qual o maior problema de Conselheiro Lafaiete?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 93 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 7178343

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro PAGINAÇÃO GRÁFICA: Cláudia Mara / Daniel Vieira / Raquel Gonçalves Martins REPORTAGEM: Frances Santana / Caroline França / Rafaela Melo / Hugo Pacheco Jr. PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 23 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 23 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.

feed-image Fique por dentro!