Boa madrugada - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Domingo, 20 de Abril de 2014 - Agora são: 05:37:05 Você esta aqui : Home - Comunidade - “Lei da Palmada” causa polêmica
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

“Lei da Palmada” causa polêmica

E-mail Imprimir PDF

Anunciado há menos de um mês, um projeto do Legislativo tem causado polêmica por tocar em um assunto delicado: a forma como os pais devem educar seus filhos.  Apesar do consenso de que surrar uma criança é errado, nem todos são tão convictos quando o assunto é uma "palmadinha". A atual redação do artigo 227 da Constituição Federal de 1988, é  dever da família em relação à criança e aos adolescentes  “colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”. No entanto, o projeto de lei 2.654/2003, a chamada  "Lei da Palmada", proposta pela deputada Maria do Rosário (RS), pretende proibir a adoção de castigos moderados.

Para alguns pais, como o aposentado Antônio Luis Moreira, do Sagrado Coração de Jesus, a lei representa uma interferência direta do estado na forma como os pais devem educar os filhos: “Tenho oito filhos. Sou contra a lei,  pois uma palmada de vez em quando resolve na educação. Quando era menino, apanhava muito, e hoje penso que, às  vezes deveria ter apanhado mais pelas artes que fazia. Uma palmada resolve sim”, observa. Para o aposentado, a mudança na forma de educar os filhos já tem apresentado resultados negativos e tende a piorar com a nova lei: “Eduquei meus filhos dessa forma e hoje me respeitam muito. Meus netos já são diferentes, pois meus filhos já não deram a mesma educação. Antes meu pai só de me olhar eu já abaixava a cabeça, pois tinha respeito, hoje não vemos isso mais”, lamenta.  

Leia mais na edição impressa que estará nas bancas neste sábado, dia 7.


rssfeed
Email Drucken Favoriten FacebookWebSzenario
Última atualização ( Sex, 06 de Agosto de 2010 11:26 )  

Comentários 

 
0 #50 23/11/2012 09:21
Não sou a favor dessa lei ridícula,sou a favor do que diz a Palavra de Deus,pois devemos corrigir os nossos filhos sim com palmadas para que quando for no futuro eles não andem por caminhos errados.As pessoas que são idosas hoje tiveram uma boa educação no passado
e não precisava de lei,hoje temos crianças mal educadas e respondonas.Que diferença!
Citação
 
 
0 #49 06/05/2012 15:44
eu ameu assim como o projeto 122 da lei da homofobia no brasil
Citação
 
 
+2 #48 06/05/2012 15:44
eu adorei essa lei assim como o projeto 122 de lei da homofobia
Citação
 
 
+5 #47 04/05/2012 11:19
Discordo desta lei porque os pais nao pode bater nos filhos, mas, a POLICIA pode? acordem brasileiros estao tentando tirar todos os nossos direitos. devia fazer leis contra a corrupção que é o roubo do dinheiro que arrecadam das pessoas de bem. Leis pra recuperar o menor infrator, leis pra ajudar estruturar as familias, projetos pra tira o país de vez da pobreza. Leis pra aumentar o Salario minimo e diminuir os juros. mas nao querem leis pra limitar o cidadao de bem. PACIENCIA. Nos somos a maioria pessoal se nos unirmos e ir contra esse tipo de coisa eles vao ter que ceder porque dependem do nosso voto. nao estao la se nao fosse por nos.
Citação
 
 
-1 #46 27/04/2012 10:25
Eu concordo com ela pois bater em uma criança não faz com que ela respeite seus pais mais sim tenha medo deles, ponham a mão na consciência e me digam sempre que seus pais batiam em vocês será mesmo que vocês sentiam respeito por eles ?? tudo bem depois de crescidos parece que a cabeça muda, mais relembrem-se de como era e vão ver...Será se vocês aceitariam que seus pais os batecem hoje em dia? com certeza não !
Citação
 
 
+3 #45 11/04/2012 10:10
eu tambem sou contra a lei da paumada o pai que tem que educa o filho não o filho educa o pai
Citação
 
 
+3 #44 05/01/2012 12:39
concordo, com o senhor luís antônio que uma palmada muita das vezes resolve, e não mata.e acho uma afronta o estado, querer determinar a forma ou, o jeito correto de educar, nossos filhos,através de leis.
Citação
 
 
+1 #43 31/12/2011 14:32
Deixar a TV colocar diante de nossos filhos toda espécie de imundícia, seja nos desenhos infantis, filmes e novelas, que podem trazer sérios entraves emocionais pode,
Mas, quando se trata da disciplina que cada pai ou mãe entende ser útil para o crescimento psico social de seu filho, aí sim querem dar palpite. ISSO É DITADURA!
Citação
 
 
+2 #42 20/12/2011 14:18
Tenho sinceras dificuldades para entender os senhores congressistas desse país, de tantos escândalos político - financeiros; quer dizer que os referidos senhores, não satisfeitos em darem maus exemplos, agora, se auto-constituem defensores da moral e dos bons costumes, podendo estabelecer normas aos pais para educação dos seus filhos? Os pais, agora, são postos numa vala comum, somos todos um bando de espancadores, que não amam seus filhos e não conhecem limite entre correção e espacamento? Ora, vão plantar batatas, e dêem bons exemplos de honestidade a essa nação.
Citação
 
 
+2 #41 15/12/2011 11:24
Eu sou totalmente contra essa lei. E vejo que boa parcela da população é contra, mas infelizmente ninguem faz nada pra mudar isso, na verdade nem sabemos o que fazer para mudar isso. Afinal elegemos representantes para atuar por nós e eles fazem tudo contra a vontade da população!!!
Eu apanhei pq precisei, e se meu filho precisar eu vou dar-lhe péia com cipó!!!!!!!
Citação
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria mais chamou a sua atenção?
 

Enquete 2

Que avaliação você faz do primeiro ano do governo Ivar?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 83 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 6127037

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORES: Juliana Monteiro / Camila Viana PAGINAÇÃO GRÁFICA: Rafael Souza / Sérgio Luna Martins REPORTAGEM: Frances Santana PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade / Sérgio Luiz Peixoto COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Nathaniel Rodrigues / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade/ Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 22 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 22 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.