Boa tarde - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Quarta-Feira, 27 de Agosto de 2014 - Agora são: 15:55:52 Você esta aqui : Home - Educação - Os desafios da educação brasileira
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Os desafios da educação brasileira

E-mail Imprimir PDF

José Antônio dos Santos
Professor de Filosofia e mestre em Educação

O texto a seguir é de Luciana Maria Alan*. As reflexões são urgentes e você também está convidado a pensar a educação como um compromisso de todos no Brasil.  
“Um levantamento da campanha Brasil Ponto a Ponto, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), mostra que a educação é o tema que mais afeta a vida dos brasileiros. A campanha, que ouviu mais de 360 mil pessoas sobre o que elas acreditam que precisa mudar no Brasil, irá subsidiar a construção do próximo Relatório de Desenvolvimento Humano Nacional do PNUD que, desde 1990, discute um tema importante no contexto do país e divulga o seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). 
As conclusões da campanha apontam que a qualidade do aprendizado lidera as preocupações dos brasileiros. Tanta preocupação tem fundamento: apesar de praticamente atingir a universalização do ensino fundamental, o Brasil ainda precisa superar desafios no acesso ao ensino médio e na qualidade do seu ensino. 
O jovem dos dias atuais, por meio das tecnologias de informação e comunicação, pode ter acesso a uma infinidade de possibilidades. Neste contexto, o modelo de ensino atual, que trata os alunos de forma homogênea, repassando os mesmos conteúdos a todos, ordenados de forma linear e compartimentados, não atende mais às necessidades da sociedade do conhecimento. O projeto de ensino, que prevê o direcionamento exclusivo do professor na decisão do quê, como e quando aprender precisa ser substituído por projetos de aprendizagem, nos quais os interesses e necessidades dos alunos emergem, são estimulados e vivenciados. 
Nesse sistema, o professor deixa de ser o detentor exclusivo do conhecimento e passa a ser um orientador de trabalhos de pesquisa, possibilitando que os alunos desenvolvam competências relacionadas à habilidade de selecionar conteúdos, interpretar adequadamente uma informação, fazer uma leitura crítica do meio, dominar os recursos de busca nas diferentes mídias, produzir textos e comunicar-se de forma rápida e eficiente utilizando as ferramentas digitais. Ao interagir tão bem com a tecnologia, o jovem estará preparado para, além de atender às demandas do mercado de trabalho, estar consciente de suas potencialidades e possibilidades. 
Esta mudança de paradigma é um movimento que já se iniciou no Brasil, mas que precisa ser fortalecido e ampliado. A educação só promoverá o nosso desenvolvimento quando for reestruturado nosso sistema de ensino. 
Para isso, é fundamental que as políticas públicas invistam na formação dos professores, na disponibilização de infraestrutura de forma adequada, no envolvimento dos alunos e, principalmente, na disseminação de um sentimento que desperte, tanto nos educadores quanto nos estudantes, a certeza de que a transformação da escola é possível.”
FONTE - http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/os-desafios-da-educacao-brasileira. Acesso aos 24/05/2011.
Contato – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Programa Educação em Debate. Outros já ligaram! Falta você! (31) 3763.1107. Toda 4ª.feira das 4h às 5h da tarde. Rádio Carijós AM – 1270KHz.
*Luciana Maria Allan é diretora do Instituto Crescer Para a Cidadania e doutoranda na Faculdade de Educação da USP ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ).

 

 

 

 


rssfeed
Email Drucken Favoriten FacebookWebSzenario
Última atualização ( Qua, 01 de Junho de 2011 11:49 )  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria chamou mais sua atenção?
 

Enquete 2

Na sua opinião, qual o maior problema de Conselheiro Lafaiete?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 299 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 6496982

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORES: Juliana Monteiro / Camila Viana PAGINAÇÃO GRÁFICA: Rafael Souza / Sérgio Luna Martins REPORTAGEM: Frances Santana PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade / Sérgio Luiz Peixoto COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Nathaniel Rodrigues / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade/ Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 22 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 22 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.