Boa tarde - Em Conselheiro Lafaiete - MG, hoje é Segunda-Feira, 22 de Dezembro de 2014 - Agora são: 17:49:29 Você esta aqui : Home - Marcos jPaula - Falta de etiqueta ou de conhecimento?
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pesquisar

Jornal Correio da Cidade

Falta de etiqueta ou de conhecimento?

E-mail Imprimir PDF

Apesar de todo avanço tecnológico e da facilidade cada vez maior de nos comunicarmos, ainda vivenciamos  discussões devido a ruídos na comunicação digital. Esses erros ocorrem devido a falta de conhecimento das pessoas sobre etiqueta na internet e podem ser provocados, por exemplo, pelo uso de textos em caixa alta (maiúsculas) ou textos com fontes grandes (em negrito ou em cores diferentes) para chamar a atenção da outra parte.


A origem do uso de textos em caixa alta remonta da utilização das primeiras máquinas de escrever e da necessidade de se enfatizar algo que estava sendo digitado. Para isso, utilizava-se o recurso de digitar todo o trecho com letras maiúsculas. Com o advento da era da informática, o recurso de digitar em caixa alta caiu por terra, pois podemos utilizar o negrito, itálico, sublinhado, ou até mesmo destacar o trecho que queremos enfatizar com “marcadores de textos digitais” ou alterando a cor do mesmo e depois de salvo temos o texto final.


Porém, o que vem acontecendo ultimamente, e inclusive por pessoas ligadas meios de comunicação ,é o uso de textos em caixa alta (todo em maiúsculas), textos com fonte acima do tamanho 18, alguns utilizam até mesmo o tamanho 36, e textos com cores gritantes. Esse tipo de texto acaba por passar a impressão de que quem escreveu está gritando com quem está lendo e acaba por criar um mal estar entre as partes.


Esse tipo de digitação já levou inclusive um juiz em Porto Alegre a ordenar que um advogado reapresentasse a petição em termos adequados e respeitando os serventuários e o próprio juiz, que considerou o texto em caixa alta uma verdadeira falta de educação e respeito com os demais envolvidos no processo. Outro dia, tive a oportunidade de ver um e-mail de um candidato pedindo voto, todo em caixa alta, com trechos digitados com cores fortes e outros ainda com um marcador de texto digital.


Para quem não sabe ou não conhece, fica aqui a dica de que escrever um texto em caixa alto no meio eletrônico é considerada uma falta de educação grave; é o mesmo que gritar com alguém. Portanto, se não quer que alguém grite com você, sugiro moderar no uso de textos em caixa alto ou com fontes demasiadamente grandes. O ideal é utilizar uma fonte tamanho 14, no máximo, e negritar ou sublinhar o que for importante e mereça destaque.

 

Marcos José de Paula
Empresário e webmaster (formado pela UFMG)
Contatos: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / (31) 8668-8613

E você,  tem alguma dúvida que gostaria de esclarecer? Envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou visite nosso site www.momentotecnologico.com.br


rssfeed
Email Drucken Favoriten FacebookWebSzenario
Última atualização ( Ter, 11 de Setembro de 2012 10:22 )  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner
Banner


Enquete 1

Qual matéria chamou mais a sua atenção?
 

Enquete 2

Na sua opinião, qual o maior problema de Conselheiro Lafaiete?
 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Classificados

Banner

Menu do Usuário


Edição Atual

Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Previsão do Tempo

Usuários On line

Nós temos 142 visitantes online

Contador de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 7188081

Expediente

Expediente DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro PAGINAÇÃO GRÁFICA: Cláudia Mara / Daniel Vieira / Raquel Gonçalves Martins REPORTAGEM: Frances Santana / Caroline França / Rafaela Melo / Hugo Pacheco Jr. PUBLICIDADE: Letícia Molinares / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Gilberto Carlos da Silva / Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro

Qual a sua denúncia?

Banner

História do Jornal CORREIO

Untitled Document

História do Jornal CORREIO

Em 23 anos, o periódico conquistou credibilidade e a confiança de leitores, venceu dificuldades e comemora marca histórica.

Juliana Monteiro Jornalista

Modéstia a parte, não é qualquer veículo de comunicação que pode se orgulhar da histórica marca de 1000 edições. Em 23 anos de circulação, o Jornal Correio da Cidade conquistou credibilidade e a confiança do leitor. É o mais antigo periódico em circulação ininterrupta no Alto Paraopeba, líder em assinaturas e vendas avulsas, o que se reflete na maior tiragem mínima da região, hoje fixada em 5 mil exemplares. Mas por trás de uma história de sucesso, há vários capítulos de luta e de superação.

Leia mais.