Educação


Persistência e inteligência



"Por que a capacidade de trabalhar duro no considerada um talento natural?" Qual a base do sucesso escolar: persistncia ou inteligncia? As escolas esto preparadas para formar os alunos para a habilidade socioemocional da persistncia? Essas perguntas so introduzidas e um pouco discutidas nessa matria, cujos crditos so da FolhaUol. A pergunta feita por Garry Kasparov, um dos maiores jogadores de xadrez de todos os tempos, em sua biografia, publicada h uma dcada. No livro, o enxadrista conta que, quando se tornou o mais jovem campeo mundial do jogo, aos 22 anos, em 1985, passou a ser questionado frequentemente sobre o segredo de seu sucesso. Rapidamente percebeu que suas respostas decepcionavam. Isso acontecia, por exemplo, quando ele dizia que sua memria era boa, mas no exatamente fotogrfica.

E o talento inato para o xadrez? Segundo Kasparov, seu pai percebeu muito cedo que ele tinha jeito para o jogo, mas que essa caracterstica s se transformou em uma super habilidade porque sua me o ensinou a estudar e praticar com afinco. A capacidade de perseverar descrita pelo enxadrista pode ter menos glamour do que a inteligncia, mas tem aparecido com frequncia crescente nas pesquisas sobre educao.

Estudiosos do tema, como a psicloga americana Angela Duckworth, da Universidade da Pensilvnia, tm afirmado que a determinao crucial para a aprendizagem. Em um de seus muitos experimentos detalhados sobre o assunto, Duckworth e Martin Seligman concluram que a autodisciplina era um indicador duas vezes mais forte do que o QI (coeficiente de inteligncia) para explicar as diferenas entre as notas de alunos dos EUA no fim do ensino fundamental. A contundncia de descobertas desse tipo fez a preocupao sobre como ajudar crianas e jovens a desenvolver habilidades como a persistncia ultrapassar os muros da academia e chegar aos formuladores de polticas educacionais. um debate tanto instigante como complexo.

A crena na inteligncia como principal explicao para o sucesso escolar, profissional e pessoal prevaleceu por dcadas. Isso talvez se explique por que medir atributos como a capacidade de identificar padres e fazer contas mais fcil do que avaliar a tal habilidade para trabalhar duro descrita por Kasparov. Ser dedicado pode significar estudar trs horas por dia para um aluno e seis para outro. Quanta perseverana necessria para melhorar a aprendizagem?

Experincias como a de alguns pases asiticos mostram que o excesso de disciplina pode acabar sendo prejudicial sade, ainda que garanta resultados brilhantes em testes de aprendizagem. Como atingir o equilbrio? A lista das chamadas habilidades socioemocionais ou competncias do sculo 21, mencionadas como importantes, longa. Dedicao, autocontrole, extroverso, capacidade de trabalhar em grupo e de sentir empatia so apenas algumas delas. vivel trabalhar todas na escola? Como? Estudiosos reconhecem a necessidade de mais pesquisas para responder a essas perguntas.

A falta de respostas mais conclusivas no invalida, porm, as tentativas de reformular currculos com base no que j conhecido. As experincias nessa direo tm servido como insumo para avaliar as iniciativas de maior e menor xito. , portanto, alentador o fato de que o governo brasileiro pretenda incluir as competncias socioemocionais na Base Nacional Comum Curricular, como revelou o jornalista Paulo Saldaa em <a href="http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2016/12/1844340-base-nacional-comum-curricular-vai-incluir-habilidades-emocionais.shtml">reportagem sobre o assunto</a>. A divulgao do documento esperada, com atraso, para o prximo ms.

Embora seja o ponto de partida, a base precisar apresentar diretrizes claras, fundamentadas nas melhores experincias nacionais e internacionais. S assim conseguir guiar as redes na formulao de currculos capazes de melhorar o sofrvel desempenho dos estudantes brasileiros.?


Jos Antnio dos Santos

Mestre pela UFSJ

Contato: joseantonio281@hotmail.com

Fonte com ttulo adaptado:

<http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ericafraga/2017/02/1858846-persistencia-e-mais-importante-do-que-inteligencia.shtml. Acessado aos 15/02/2017.

 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Educação, no dia 03/03/2017




Comente esta Coluna