Educação


O filho vai para a escola: estão preparados? (Parte 02)



O filho vai para a escola. E agora? Como gerir este momento com sucesso e sem prejuzo para a criana, a escola e os prprios adultos? Eis algumas orientaes essenciais para essa nova fase vivida pela famlia.

?Preserve a rotina da criana em casa. No hora de mudanas de cama, de quarto, retirada de fraldas, chupeta, mamadeira e coisas do gnero.? Muitas crianas j se livraram de vrias dessas prticas e situaes, mas vale atentar-se para o que ainda faz sentido para elas. hora de mudar alguns hbitos, mas sem radicalismos. Nesse momento, fundamental adotar o bom senso, agir com calma, mas com firmeza. 

?Adapte-se aos horrios e tenha assiduidade ?Nos primeiros dias, a pontualidade na hora de buscar crucial. Um atraso pode deixar a criana insegura, com medo de que a me no volte, e dificultar a despedida e a permanncia nos dias seguintes?, diz Edimara de Lima, diretora pedaggica. Mesma pontualidade no incio do dia tambm para que a criana inicie as atividades com o grupo. Evite faltas, para que a criana se insira logo na rotina escolar. Os responsveis ou pais no podem ceder a chantagens das crianas que tendem a ?fazer corpo mole? para no irem escola.

Imprima um ritmo de pontualidade para que todos se acostumem s novas regras e ao novo ritmo de vida que ser iniciado a partir do ingresso da criana na escola. Pontualidade e assiduidade so essenciais para formar a criana com senso de limites e capacidade de se desapegar de antigos hbitos e experimentar novas rotinas, como tambm, aprender a conviver com perdas e frustraes. Com frequncia, responsveis ou pais so os maiores culpados pela incapacidade da criana em desenvolver essas habilidades bsicas e se tornar indisciplinada.

Tenha cuidado com o que diz ? e com o que no diz. Algumas armaes, por mais inofensivas que possam parecer, costumam atrapalhar significativamente o processo de adaptao da criana. Na despedida, por exemplo, frases como ?voc vai ficar bem, no ?? ou ?voc no vai chorar, vai?? acabam sugerindo criana que tenha comportamentos desse tipo.

Criar expectativas exageradas, dizendo criana que ela vai adorar, que a escola maravilhosa, que as professoras so fantsticas etc., tambm pode ser prejudicial, pois pode gerar decepes para o pequeno. Por fim, nunca minta para seu filho (dizendo que vai para um lugar caso v para outro) e, por mais que ele esteja brincando bem e tranquilo, nunca v embora sem se despedir. Isso quebra a relao de confiana com a me e pode gerar na criana o medo de ser abandonada naquele lugar estranho.

Choros so normais O choro no significa que a criana no est gostando da escola. uma maneira de ela dizer que difcil se despedir da me. Paula Bacchi, diretora de colgio, acrescenta que comum esse choro terminar assim que as mes viram as costas. Se o lamento se prolongar, vale investigar, claro. Ah, sim, tem muita me que tambm no aguenta as lgrimas. Mas tem de, pelo menos, no deixar a criana ver.

No demonstre ter dvidas Comentrios negativos em relao escola nunca devem ser feitos diante delas. Se a criana perceber a insegurana da me, pode tomar o sentimento para si ou ainda se aproveitar da situao e recorrer a chantagens emocionais.

Tenha pacincia A maioria das crianas leva uma ou duas semanas para se adaptar escola. H algumas que levam dias e outras, meses. Isso no quer dizer que as de adaptao mais lenta vo gostar menos da escola. Significa apenas que precisam de um pouco mais de tempo. Resta respeitar o ritmo da criana.?

Essas dicas podem ser teis e preciosas para alguns adultos. Certamente, nesse momento devem existir alguns pais ou responsveis meio angustiados com a nova experincia. Sugiro que voc, sabendo disso, lhes d apoio e uma fora, apresentando a eles essas orientaes.

Dados disponveis em: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI1538-15068,00.html. Acesso aos 15/01/2017



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Educação, no dia 17/02/2017


Comente esta Coluna