Educação


O filho vai para a escola: estão preparados? (Parte 01)



Chegou a hora de mandar os filhos pequenos para iniciar o processo de escolaridade. Parece fcil, mas nem sempre . Muitos pais e filhos vo comear essa experincia nova e precisam aprender algumas coisas a respeito.

? como se a me autorizasse algum a cuidar do filho dela, e nessa autorizao que o processo de adaptao da famlia comea a dar certo?, afirma Liamara Montagner, coordenadora de educao infantil. Para que haja confiana, por sua vez, importante que a escolha da escola tenha sido bem trabalhada. Quando indicao de amigos ou familiares, fica fcil. Para quem no tem tais referncias, esse vnculo se estabelece na medida em que os pais conhecem e se identificam com os princpios que norteiam o projeto pedaggico e a concepo de aprendizagem. E, naturalmente, precisam acreditar nesses valores ticos e morais estabelecidos pela escola.

Rarssimos pais tm conhecimento sobre diferenas de linhas pedaggicas oferecidas pelas escolas. Quase sempre optam a partir de critrios mais pragmticos, como: escola mais prxima, escola bonita, escola famosa, escola barata etc. O mais importante ficar atentos ao mtodo de aprendizagem oferecido pela escola e qual a concepo de aprendizagem da escola. Como muitos no valorizam processos educativos e tm poucas informaes sobre correntes pedaggicas, quase sempre submetem seus filhos a qualquer pedagogia. Sem dizer que a maioria das escolas, a comear mesmo das infantis, s oferecem a pedagogia ultrapassada. Os pais que sabem disso e gostariam de experincias escolares inovadoras sofrem com isso. Em todo caso, vale sempre conversar com a equipe pedaggica da escola procurada.

?No s as crianas, mas tambm os pais tm de ser assistidos no processo de adaptao. Esclarecendo dvidas e conversando sobre eventuais incmodos, angstias e insatisfaes com coordenadores e professores, os pais adquirem intimidade com a escola e se sentem mais confortveis em relao a ela. O processo de adaptao uma oportunidade de os pais se conhecerem, interagirem e compartilharem sentimentos. Nas conversas, descobrem que as crianas so muito semelhantes entre si e que eles, por sua vez, esto passando pelas mesmas angstias. Ao mesmo tempo, vo criando um vnculo no ambiente escolar. ?Mes e pais que tm filhos mais velhos na escola exercem um papel importante nessa hora, pois passam segurana para os que esto sendo recebidos pela primeira vez?, diz a psicopedagoga Edimara de Lima, diretora de escola.? rarssimo, pelo menos por aqui no Alto Paraopeba, ver pais buscando aprender com outros pais. Quem no valoriza a educao, joga os filhos na escola e vai embora. Outros j tendem a sufocar os filhos pelos excessos. 

?Existe uma tendncia de os pais quererem superproteger os filhos, evitando ao mximo que sofram. Mas importante lembrar que o ingresso na escola e as primeiras separaes da me ou de casa fazem parte do processo de crescimento da criana?, afirma Paula Bacchi, orientadora de escola infantil. Ela acrescenta que os pais devem ter em mente que certas conquistas vm acompanhadas de dificuldades. Representam tambm um amadurecimento da criana, e a escola um excelente ambiente para isso acontecer.? Mas, preciso que os pais fiquem atentos para o modo como vo se separar dos filhos, nesse novo processo de vida delas.

?Despedidas dramticas, duradouras e carregadas de emoo so um prato cheio para dificultar a entrada das crianas na escola. Independentemente do comportamento delas, os pais devem procurar dar um tom leve e at mesmo prtico s despedidas. Duro, n? Mas fundamental para que a criana perceba que no existe a opo de um choro segurar o pai ou a me na escola por mais tempo.?

(Parte 01)

Jos Antnio dos Santos

Mestre pela UFSJ

Contato: joseantonio281@hotmail.com

Fonte ? Disponvel em: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI1538-15068,00.html. Acesso aos 15/01/2017



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Educação, no dia 10/02/2017


Comente esta Coluna