Pesca


Surubins gigantes e dourados imensos fizeram a festa dos Tracajás na Argentina



Este ano, nosso grupo foi pescar na Argentina, em Itá Ibaté, na província de Corrientes, no rio Paraná, na divisa com o Paraguai, região dos grandes dourados e pintados, além das briguentas piaparas.
O grupo está bastante renovado e com vários principiantes, formando duplas com veteranos e pescadores menos experientes. Ulysses e Ricardo, Diogo e Cristiano, Leonardo e Jaider, Mucio e Marco Tulio, Bruno e Braga, Ryan e Giovanni, e os veteranos, Dario e Israel, Gerson e Cleiton, Jairo e Nelson, Paulo André e Idalino. Boa parte ainda não conhecia o Paranazão.


Partindo de Foz do Iguaçu, em setembro, em ônibus fretado, após um percurso de 450 km, chegamos a Pousada El Refúgio, do amigo Ricardo Aníbal, para cinco dias de pesca. O tempo estava bom, frio pela manhã e quente à tarde, com dias muito bonitos e sem chuva.


Logo na manhã do primeiro dia, já começaram a sair grandes exemplares. Os pintados foram os responsáveis pelas maiores ações, sendo capturados e soltos 15 no total, todos de grande porte, sendo o menor de 1,30 m e o maior de 1,60 m, que rendeu o troféu de maior pintado ao Ryan.
Os dourados estavam menos ativos, devido a temperatura muito fria da água, mesmo assim foram capturados em bom número, sendo que o maior rendeu ao Cristiano, principiante, o troféu na categoria escama.


Além dos grandões, incontáveis piaparas, grandes pacus e belos cacharas. Ao final de cinco dias, hora de voltar pra casa, todos muito satisfeitos com o resultado, e os iniciantes encantados com a beleza do lugar, números de ações na pesca esportiva e com o tratamento vip oferecido pela pousada.


Em 2020, o destino será o Rio Guaporé, na região de Cabixi, em Rondônia, e o grupo já está ansioso em conhecer uma pescaria diferente da que fizemos este ano, porém não menos produtiva. Pescaria na Argentina, Itá Ibaté, Pousada El Refúgio, eu recomendo.

 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Pesca, no dia 18/10/2019




Comente esta Coluna