Segunda, 06 de Julho de 2020
Região


Congonhas alerta sobre os cuidados para evitar proliferação do mosquito da dengue



É comum que as pessoas viajem durante as férias. Mesmo nesse período de descanso e diversão, o combate ao Aedes aegypti não pode parar, já que o calor e as chuvas aumentam as chances de proliferação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Antes de viajar, elimine todos os recipientes que possam acumular água e se transformar em criadouros do inseto, como garrafas vazias e vasos de plantas. Durante o passeio, use roupas claras e repelente. E lembre-se: esses cuidados devem ser tomados durante o ano todo.

Outras formas de prevenção são: manter a caixa d’água sempre limpa e totalmente tampada; fechar tonéis e tanques de armazenamento de água; manter os bebedouros de animais domésticos limpos e escovados; manter piscinas sempre em uso e devidamente tratadas; e manter as calhas livres de entupimentos para evitar acúmulo de água.

Também é preciso armazenar e destinar o lixo corretamente, mantendo o recipiente sempre fechado. Além disso, não se deve descartar o lixo ou qualquer outro recipiente que possa acumular água no quintal de casa ou de vizinhos, na rua e em lotes vagos.

Ações permanentes

Segundo dados apresentados pelo setor de Epidemiologia da Prefeitura, Congonhas registrou 769 casos de dengue em 2019, sendo 265 positivos. Para evitar a proliferação do Aedes aegypti, a população e o poder público devem trabalhar juntos. O Governo Municipal se mobiliza e promove ações intersetoriais que contribuem para o combate ao mosquito, passando pelo trabalho de fiscalização das agentes de combate às endemias; limpeza de rios, córregos e bueiros; e coletas de lixo úmido e seletiva.

Além disso, a cidade conta com o Comitê Municipal de Combate à Dengue, formado por representantes da poder público, da sociedade civil e de organizações não governamentais, como Copasa, Polícia Militar e Hospital Bom Jesus. Nos encontros, realizados regularmente, é apresentado o diagnóstico situacional da dengue no Município e, a partir desses dados, são elaboradas estratégias para melhorar a prevenção e o combate.





Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 12/01/2020


Comente esta Notícia