Pesca


Pescaria farta no córrego dos Veados e rio Indaiá



Uma pescaria das mais agradáveis, bem rápida, e com fartura de peixes. Assim pode ser resumida a aventura do gru­po formado por Valter Silva, o Dedão, Ge­raldo Alves, dos Andarilhos Queluzianos, Nor­berto Manoel dos Santos, o Neném, e Luiz Fernando (Jornal CORREIO). No último fim de semana, eles estiveram no famoso córrego dos Veados, em Dores do Indaiá, no Centro-Oeste de Minas, e também no lindo rio Indaiá, perto da cidade de Estrela do Indaiá.
A viagem começou na madrugada de sá­bado, dia 27, e seguiu até o domingo, 28, à tarde, quando a turma retornou para Lafaiete. O ponto alto foi, sem dúvida, a abundância dos lambaris do rabo vermelho e dos piaus brancos. Muitos peixes foram apanhados e muitos foram soltos, para dar sequência à re­produção. Na noite de sábado, os amigos fo­ram até um restaurante da cidade tomar uma gelada, pois ninguém é de ferro, e acompanharam a estreia vitoriosa do Galo no campeonato brasileiro e em seguida a derrota do Cruzeiro para o Flamengo. No domingo, a pescaria continuou logo cedo, às 6h, com a mesma intensidade. Os grandes lambaris es­tavam ativos e não deixavam sequer a massa cair na água. Um espetáculo da natureza.
Ainda muito cheio e com águas turvas, cor de garapa, o rio dos Veados foi generoso com o grupo de Lafaiete. A tendência, segundo especialistas, é que à medida que a água fica baixa e clara, os peixes se tornam ainda mais ativos. É esperar para ver e aproveitar os momentos de absoluta tranquilidade e o contato com a natureza e seu criador, nosso Pai maior. Sem ele, nada dis­so aconteceria. O gru­po promete organizar outra aventura o mais breve possível, de forma a “calibrar as baterias e oxigenar a alma”. Os peixes capturados serão limpos, fritos e degustados com angu fresquinho. Gostou? Então, programe sua pes­caria e vá para a beira do rio.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Pesca, no dia 10/05/2019


Comente esta Coluna