Comunidade


Pró-Mananciais da Copasa busca interessados em desenvolver ações para recuperação de mananciais

Para isso a Fundação Banco do Brasil por meio do edital 2019/033, está com inscrições abertas, até o dia 23 de setembro, para credenciar entidades sem fins lucrativos de todo o país para atuar em 112 cidades mineiras.


Estão abertas as inscrições para credenciamento de entidades sem fins lucrativos para a reaplicação de tecnologias sociais em 112 municípios mineiros.  As tecnologias sociais são produtos, técnicas ou metodologias desenvolvidas na interação com a comunidade e representam soluções de transformação social.

O credenciamento de interessados em prestar serviços no âmbito do Programa Pró-Mananciais está aberto até às 18h do dia 23 de setembro de 2019, conforme Edital 2019/033, disponível no link: https://fbb.org.br/pt-br/editais-de-selecoes-publicas.

O Edital prevê reaplicações de quatro tecnologias que integram o Banco de Tecnologias Sociais certificadas pela Fundação Banco do Brasil. São elas: SAF – Sistemas agroflorestais – reúnem culturas agrícolas e espécies arbóreas, de maneira consorciada de forma a promover a diversidade e interação ecológica de espécies; Biodigestor Sertanejo – unidade para a disposição adequada de resíduos animais e produção de gás para uso doméstico; Fossa Séptica TeVap – fossa ecológica que promove o tratamento e disposição final de dejetos do vaso sanitário domiciliar; e, Cisterna Ferrocimento - alternativa usada na captação de água da chuva.

 

Pró-Mananciais

É um programa desenvolvido pela Copasa para proteção de mananciais superficiais e subterrâneos utilizados para o abastecimento público. Entre as atividades desenvolvidas, estão o cercamento de nascentes, plantio de mudas nativas em mata ciliar e implantação de bacias de contenção de enxurradas.

O Pró-Mananciais vai além do cumprimento dos requisitos legais e regulamentares, ele estimula a pró-atividade, a responsabilidade social, a criatividade e o protagonismo a partir da formação de agentes locais transformadores, cujo trabalho integrado às políticas públicas locais amplia os resultados do programa.

As localidades onde serão reaplicadas as tecnologias sociais foram indicadas pela Copasa e estão relacionadas com as bacias hidrográficas de cada região do estado de Minas Gerais. Para ser credenciada, a entidade precisa comprovar capacidade técnica para atuar em reaplicação das tecnologias sociais propostas no edital.  

 

Parceria Fundação BB e Copasa

O Edital 2019/033 faz parte do acordo de cooperação entre a Copasa e a Fundação Banco do Brasil. O documento foi assinado durante o Fórum Mundial da Água, realizado em março de 2018, em Brasília. Acesso ao link http://tecnologiasocial.fbb.org.br   e veja on-line no Banco de Tecnologias Sociais o acervo onde reúne todas as metodologias certificadas pela Fundação Banco do Brasil.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 30/08/2019


Comente esta Notícia