Política


Lafaiete está proibida de efetivar concursados



A prefeitura de Lafaiete vem enfrentando críticas nas redes sociais em função da não efetivação de aprovados no concurso público de 2015. O prefeito Mário Marcus explicou a situação e informou que o município está próximo do limite de gastos com pessoal, que não pode extrapolar os 54% da arrecadação conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal.
"Hoje nós estamos com índice muito apertado em relação ao que se pode gastar com a folha de pagamento. Essa situação não é em razão de um número exagerado de contratações, mas em função da queda acentuada da receita. Temos inclusive, um número menor de servidores do que o registrado nas gestões anteriores. Por outro lado, a arrecadação do município está bem inferior à registrada nas gestões passadas", informou.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 26 de maio


Escrito por Redação, no dia 25/05/2018