Política

Vereador Sandro afirma que Estado tira da população até o direito de adoecer

Em um forte discurso na tribuna da Câmara Municipal, o vereador Sandro José (PSDB) pediu a população de Lafaiete para não ficar doente. "Se ficar e depender de atendimento em Belo Horizonte, vai morrer", alertou, chamando a atenção para o caos causado pela falta de repasses do governo mineiro aos municípios na área da saúde.

Com um relatório em mãos, Sandro manifestou o desejo de uma conversa no Ministério Público para ver o que pode ser feito a respeito da falta de repasses do governo estadual para Lafaiete. "O Estado deve para o município a cifra de mais de R$16 milhões para a Saúde. Belo Horizonte só está atendendo casos de urgência e emergência. Casos eletivos não são atendidos. Cirurgias eletivas, aquelas em que se pode esperar algum tempo para o procedimento, não estão sendo realizadas. O paciente vai esperar o tempo inteiro, porque estão recusando", afirmou. O vereador acrescentou que quem estiver precisando de prótese, infelizmente, também não vai conseguir e citou uma situação ainda pior. Segundo ele, está comprometido o tratamento de câncer em Belo Horizonte e a maioria das pessoas que depende desse tratamento, de alta complexidade, não será atendida.

 Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 12 de maio.



Notícia enviada por Redao, no dia 11/05/2018




Comente esta Notícia

Galerias

Anunciando a primavera, ipês colorem Lafaiete

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Claudinei Rodrigo da Silva IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro