Comunidade


Grupo busca unir empresários para a construção de cinema em Lafaiete



Lafaiete já foi conhecida pelo grande número de cinemas na cidade. Nos tempos áureos, o município chegou a ter várias salas de exibição. Atualmente, sem nenhum local para assistir o melhor da sétima arte, um grupo busca unir o empresariado local para construir um novo cinema. Para isso eles lançaram a campanha "Queremos um Cinema em Lafaiete".  

A iniciativa, segundo o coordenador do grupo, Edeilson Oliveira, de 23 anos, começou com uma postagem em um grupo do Facebook. A publicação alcançou quase duas mil curtidas, mostrando que a demanda é compartilhada por muita gente. "Infelizmente, o grupo excluiu a publicação e não sabemos o real motivo. Não entramos em contato com o proprietário do grupo, justamente, para não criar algum tipo de problema pois a aceitação estava muito alta", diz.

Edeilson conta que alguns empresários já procuraram o grupo e pediram informações sobre projetos para fazer um outro cinema. "Estamos buscando pessoas para construir o projeto do cinema e iremos até o fim por isso", afirma.

Outro membro do grupo, Pa­blo Diogo de Oliveira, 20 anos, des­taca que o cinema será uma importante opção de lazer para os lafaietenses. Ele ressalta que a cidade já teve várias salas de exibição.

À época do fechamento do Cine Glória que ficava na praça Tiradentes, os proprietários justificaram o encerramento das atividades devido às mudanças provocadas pela era digital. Cinemas que reproduziam filmes com projetores de película 35 mm como o Cine Glória, ficaram defasados e havia a necessidade de adquirir um projetor digital para exibição dos novos filmes. O custo do equipamento à época ficaria em torno de R$ 200 mil reais, mas havia a expectativa de que o cinema pudesse voltar a funcionar, o que não aconteceu.


Escrito por Redação, no dia 14/02/2018