Polícia


Pais de jovem assassinada acreditam que filha tenha sido vítima de emboscada



Um caso de violência contra mulher chocou a cidade. A vítima foi uma jovem de 19 anos, que não cativava apenas pela beleza, mas gostava de trabalhar, estudar e tinha muitos planos para o futuro. O algoz, Leonardo, um homem de 22 anos, já com passagem pela polícia, com quem ela manteve um longo e, de uns tempos para cá, tumultuado relacionamento. O rompimento do namoro, após 7 anos de con­vivência, pode ter sido o estopim. Com medo das ameaças, Luciana da Silva do Nascimento chegou a registrar uma ocorrência e recebeu uma medida protetiva que obrigava o ex-namorado a ficar a 200 metros de distância dela. Mas isso não foi o suficiente para proteger a jovem, que foi encontrada morta, estrangulada, em um apartamento no bairro Carijós, na manhã de segunda-feira, dia 27. Leonardo confessou a autoria do crime.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 2 de dezembro.


Escrito por Redação, no dia 01/12/2017