Cultura


Ameaçado pelo Ecad, Roda Viva abre o 16º Encanta Lafaiete



Quem contemplou a abertura do Encanta Lafaiete 2016 na noite do domingo, dia 31, deixou a tricentenária Matriz de Nossa Senhora da Conceição com a música e o silêncio na alma. Após se render à beleza de sons que harmonizavam com perfeição o erudito e o popular, em uma histórica apresentação do madrigal Roda Viva e Tuca Boelsums (Queluz de Minas), o público, que atentamente ouvia a cada acorde as canções de Milton Nascimento e cantou baixinho Elias Regina, calou-se diante das palavras do maestro Geraldo Vasconcelos. Com a voz embargada, o dono da batuta que há 17 anos rege as vozes do madrigal anunciou: "Esta talvez seja a última canção executada no Encanta Lafaiete".

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 6 de fevereiro de 2016




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 05/02/2016


Comente esta Notícia