Comunidade


Microcefalia por zika pode ter chegado a Congonhas



 A Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) investiga se os 11 casos de microcefalia registrados no estado possuem ligação com o zika vírus. A má-formação congênita, que faz com que os bebês possuam o crânio com tamanho inferior ao normal e provoca retardamento mental em 90% dos casos, atingiu crianças de Congonhas (1); Uberlândia (1); Contagem (2); Belo Horizonte (3); Montes Claros (2); Ponte Nova (1) e Curvelo (1). A doença é transmitida pelo mesmo mosquito vetor da dengue e febre chikungunya ? o Aedes aegypti.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 5 de dezembro de 2015




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 04/12/2015


Comente esta Notícia