Terça, 14 de Julho de 2020
Comunidade


Crianças de Escolas Rurais são capacitadas para combater a dengue



O setor de Educação em Saúde ampliou o Projeto Agente Mirim de Combate a Endemias, para as escolas rurais nas localidades de Rancho Novo, São Gonçalo, Mato Dentro, Três Barras, Joaquim Murtinho, Gagé e São Vicente. Os temas a serem abordados são a prevenção, cuidados e tratamento da esquistossomose e chikungunya.

Na programação estão previstas ações educativas e informativas, que serão realizadas pe­los agentes mirins, sob a coordenação e supervisão do setor de Educação em Saúde e apoio do Programa de Controle da Esquistossomose (PCE).  São participantes as escolas municipais "Padre José Lobo da Silveira", "Pedro Silva", "Es­peridião Pereira", "Sebastião Pereira da Fon­se­ca", "Herculano do Vale", "Romeu Guima­rães" e "Professora Maria Serafina Peixoto". 

Foram selecionadas crianças e adolescentes das escolas rurais, na faixa etária de 8 a 13 anos, que atuarão no educandário e na localidade onde a instituição está inserida. Os alunos no­meados participaram de um curso de capacitação para levar aos moradores da região informações relevantes de prevenção e combate à es­quistossomose e chikungunya.

Na terça-feira, dia 17, foi realizada a entrega dos certificados dos alunos participantes do projeto. O evento aconteceu na escola "Padre José Lobo da Silveira", no Rancho Novo, com a presença dos representantes dos demais educandários participantes. A diretora das Escolas Rurais, Elci Oliveira, destacou a seriedade do trabalho dos agentes e enfatizou o quanto será relevante para a comunidade a realização das ações educativas.

As responsáveis pelo Projeto Agente Mirim são a jornalista Kátia Matos e a pedagoga Andreza de Cássia, que junto com a coordenação do setor de Combate à Endemias agradecem o apoio e a parceria das escolas ru­rais na implantação e execução do projeto.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 26/11/2015


Comente esta Notícia