Comunidade


Prefeito de Lafaiete cobra melhor qualidade de serviços da Copasa



Em recente reunião com diretores da Copasa, o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Ivar Cerqueira e o vice-prefeito, Darci Tavares cobraram da empresa o cumprimento de obrigações contratuais com a cidade e a melhoria da qualidade dos serviços prestados à comunidade. Participaram do encontro o diretor operacional Centro-Leste da Copasa, Frederico Lourenço Ferreira Delfino e o gerente do Distrito Alto Paraopeba, Ricardo César.

Durante a reunião, que aconteceu na sala de reuniões da prefeitura, Ivar defendeu o pleito dos moradores da região da Barreira, prejudicados pelo mau-cheiro causado pela ETE Bananeiras. O prefeito cobrou uma solução para o problema, tendo em vista que a ação está prevista no contrato com a Copasa para a prestação de serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município, renovado em 2014. Ivar apontou também os transtornos causados nas vias públicas com a realização de serviços da concessionária de água e esgoto, como a abertura de buracos e demora no fechamento, ou fechamento de maneira precária. ?É preciso cobrar de quem causa o problema nas ruas. Se não é a Copasa, que ela cobre então das empreiteiras que contratou para prestar os serviços. O que não pode é prejudicar a população?, frisou o prefeito, que questionou ainda a constante falta d?água em bairros da cidade.

O gerente do Distrito Alto Paraopeba, Ricardo César Bruno explicou que recebeu positivamente as reivindicações da administração municipal. Segundo ele, haverá outros encontros com a equipe do Poder Executivo visando sanar as questões apontadas pelo prefeito Ivar.  Na sequencia, foi realizada uma reunião técnica envolvendo Copasa, Secretaria de Planejamento e Departamento de Meio Ambiente, quando foi traçado um plano de ação em busca de solução para os problemas apresentados.

 

ETE Ventura Luiz

Durante a reunião, a Copasa assinou a ordem de serviço para o início das obras de implantação da ETE Ventura Luiz no município. A Estação de Tratamento será construída na localidade de Água Preta. A obra orçada em 10,9 milhões de reais deverá ser concluída em outubro de 2016.

De acordo com o diretor operacional Centro-Leste da Copasa, Frederico Lourenço Ferreira Delfino o mau-cheiro causado pela ETE Bananeiras não se repetirá na nova estação de tratamento de esgoto. Ele explicou que o projeto para a ETE Ventura Luiz foi feito para evitar problemas. Também informou que a concessão do licenciamento ambiental para a nova estação levou em conta fatores como a qualidade de vida da população e preservação dos recursos naturais.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 13/11/2015


Comente esta Notícia