Comunidade


Programa Gerdau Germinar beneficia cerca de 5 mil pessoas no primeiro semestre



O Programa Gerdau Germinar, iniciativa da Gerdau voltada para a prática da educação e conservação ambiental, beneficiou cerca de 5 mil pessoas entre os meses de janeiro e julho deste ano. As iniciativas são realizadas nos municípios de Ouro Branco, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Ouro Preto (Miguel Burnier), Itabirito e Moeda, em Minas Gerais, e atendem educadores, alunos, líderes comunitários e membros das comunidades participantes.
Só o Biocentro Gerdau Germinar, o centro de educação ambiental do Programa, recebeu 2.824 estudantes da educação infantil e do ensino fundamental, por meio de visitas técnicas que tiveram como temas a reutilização de materiais, a mata atlântica e educação patrimonial. O espaço possui 48 hectares de áreas preservadas e estrutura adequada para desenvolver projetos e atividades voltadas para sustentabilidade.
Além das crianças e adolescentes, os adultos também foram envolvidos nas atividades promovidas pelo Programa. Os educadores tiveram a oportunidade de participar de cursos e capacitações e os pais, acompanhados dos filhos, compareceram ao Diálogo Ambiental, com edições voltadas para a sustentabilidade e para o uso e abuso de álcool e droga. Durante Rodas de Conversa, em Miguel Burnier, as mulheres assistiram palestras e também participaram de oficinas de artesanato, atividades que terão continuidade no segundo semestre.
Em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), dez escolas de Ouro Branco e região participam do Projeto de Monitoramento Participativo das Águas, iniciativa que segue até o final do ano e estimula os alunos a acompanharem a qualidade da água de um córrego, riacho ou lago próximo à comunidade.
A educação alimentar também foi outro tema trabalhado pelo Gerdau Germinar. O projeto “Alimentação Saudável” permitiu a capacitação dos profissionais que preparam os alimentos da Creche Municipal Maria Firmina, de Ouro Branco, e da Escola Estadual Castelo Branco, de Conselheiro Lafaiete. Além disso, os alunos foram estimulados a experimentar a alimentos nutritivos e a adotarem uma alimentação mais balanceada.
 
Prêmio Gerdau Germinar
Um dos destaques do primeiro semestre foi o Prêmio Gerdau Germinar, que reconheceu os melhores projetos de educação ambiental, em seis diferentes categorias, que abrangem da educação infantil ao ensino superior. Os vencedores receberam uma verba para implantação do projeto, ainda este ano. Todas as equipes premiadas terão o acompanhamento da Gerdau para o desenvolvimento da ação, com o intuito de colaborar para o alcance dos resultados esperados.
E a programação segue intensa no segundo semestre, com a continuidade dos projetos, novas visitas, outros encontros e capacitações.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 29/07/2015


Comente esta Notícia