Política


Vereador critica projeto e alerta sobre pagamento de pedágios



A polêmica envolvendo o pagamento de pedágio na BR-040 ganhou mais um componente. Durante pronunciamento na palavra franca, na reunião da Câmara Municipal, realizada na noite de terça-feira, dia 19, o vereador Tarciano Franco (PRTB) criticou o projeto da Invepar que prevê a instalação de guarde rail na rodovia. Segundo o edil, em visita à concessionária responsável pela estrada, a mureta teria uma grande extensão, indo do Parque de Exposições, na entrada do bairro Paulo VI (zona sul) até a cidade de Cristiano Otoni.De acordo com Tarciano, a comunidade de Buarque de Macedo ficará prejudicada, pois será obrigada a passar pela praça de pedágio para ir até o Centro da cidade. “Os moradores vão ter que pagar dois pedágios, pois, pelo que me mostraram do projeto, o único retorno será em Cristiano Otoni. Dessa forma, pagarão uma tarifa para chegar até lá e depois outra para retomar rumo a Lafaiete”, critica. “Isso é uma brincadeira com a comunidade. Nós lutamos para tirar o pedágio daqui de perto da entrada da cidade, pois ia causar esse problema e, agora, com o guarde rail, ficará na mesma”, protesta.

Ao usar a palavra, Tarciano afirmou que espera uma mobilização de vários setores da sociedade para impedir que a comunidade seja prejudicada. “Estou aqui para pedir aos colegas vereadores e autoridades que unam forças em favor desses moradores que serão penalizados, caso esse projeto se confirme. Entendo que o guarde rail visa a garantir a segurança na pista. Isso eu não contesto, mas penso que o correto seria colocar a mureta até um pouco antes da entrada de Queluzito”, disse, defendendo, também, a construção de retornos e viadutos para garantir a melhor mobilidade na rodovia sem ocasionar prejuízos ao cidadão.Para o edil, é importante que essas questões sejam apresentadas durante a audiência pública que acontece nesta terça-feira, dia 26, a partir das 19h no auditório da escola Narciso de Queirós.

O Jornal CORREIO enviou ofício à Via 040 mais até o fechamento desta matéria, não havia obtido resposta.

 




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 26/05/2015


Comente esta Notícia