Cultura

Por que os homens amam as mulheres poderosas

Se você der a ele a sensação de poder, ele vai querer protegê-la e colocar o mundo aos seus pés. Quando você assumir suavemente o comando do relacionamento, estará dando ao homem aquilo que ele deseja (poder) e nem se dá conta. Isso funciona até com os homens mais inteligentes. A mulher poderosa não “obedece” seu parceiro. Para ela, o que vale é “amar, respeitar e parecer que obedece algumas vezes”. Agora que as mulheres estão bem estabelecidas no trabalho, os homens não se sentem mais os ‘homens da casa’, como acontecia no passado. As mulheres bem sucedidas profissionalmente são, com frequência, as que se pegam dizendo: “Eu não de­via ter que me desculpar por ser forte”. Elas não entendem por que não conseguem “achar um bom homem”. É porque um bom homem deseja uma boa mulher.Ser poderosa não significa perder a feminilidade nem tentar abertamente vestir as calças dentro de casa. Significa apenas não admitir ser pisada por ninguém. A supermulher clássica deseja um relacionamento em que o homem e a mulher sejam “iguais”. Essa é uma boa teoria, mas, na prática, acaba gerando uma relação desigual.


Notícia enviada por Agnaldo Baeta, no dia 31/03/2015




Comente esta Notícia

Galerias

Turma dos “Ô Quêêê” celebra 20 anos de existência às margens do velho e piscoso rio Guaporé

Enquetes

Qual matéria chamou mais atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro