Polícia


Homem mata esposa à marretada



O assassinato com requintes de crueldade de Aparecida Matias Pires de Oliveira (foto), de 42 anos, é o primeiro caso de feminicídio registrado em Lafaiete. A morte à marretada foi na manhã da sexta-feira, dia 13, no bairro Santa Matilde (zona sul). O principal suspeito é o marido da vítima, Sebastião José de Oliveira, 55 anos, que já está preso. De acordo com a recém-aprovada Lei 13.104/2015, o homicídio cometido contra mulher por razões da condição de sexo feminino e, nesse caso, envolvendo situação de violência doméstica, é qualificado e hediondo.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 21 de março de 2015




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 31/03/2015


Comente esta Notícia