Política


Governo aplica novas regras para benefícios da Previdência



Medidas provisórias que pediam uma minirreforma na Previdência Social passarem no final do ano passado pelo crivo do Congresso Nacional e foram sancionadas rapidamente por Dilma Rousseff. Vigora desde o dia 14 de janeiro uma das novas regras para a pensão por morte. Agora, só terá direito ao benefício quem tiver pelo menos dois anos de casamento ou união estável. A legislação anterior não estabelecia um prazo mínimo para a união. As mudanças nos benefícios previdenciários acontecem para tornar mais rigoroso o acesso da população a eles e gerar nos cofres da Previdência uma economia de R$ 18 bilhões por ano. As novas regras para a pensão por morte, no entanto, não afetam quem já recebe o benefício.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 14 de março de 2015



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Agnaldo Baeta, no dia 29/03/2015


Comente esta Notícia