Cidade recebe a terceira academia ao ar livre

Chegaram em Lafaiete mais duas academias públicas ao ar livre. Atualmente, 51 pessoas podem usar simultaneamente os 21 aparelhos instalados em três praças. Se considerarmos a população lafaietense, contada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 124.370 habitantes, utilizando das 6h às 22h os aparelhos, chegaremos à porcentagem de 0,65 % da população utilizando desse grande benefício à saúde, diariamente. Foi considerado nesse cálculo o número total de residentes na cidade e a carga máxima possível de utilização, sem considerar o número de crianças.

A primeira

Instalada na Praça do Cristo, inicialmente, mais próxima do monumento do Cristo e, hoje, transferida para mais perto da igreja de Santa Efigênia, a primeira academia ao ar livre da cidade chegou em 24 de janeiro de 2013, a pedido feito pelo então deputado estadual Marques Abreu, junto à Secretaria de Estado de Esportes. Lá foram instalados sete aparelhos contando com multi exercitador e roda de ombro, ambos para quatro pessoas; “legpress” duplo; simulador de esqui duplo, simulador de caminhada e simulador de cavalgada para duas pessoas e o simulador de remada para um praticante.

Mais duas

As duas mais novas academias foram instaladas, uma no bairro Resende, na praça em frente à Igreja de Nossa Senhora da Paz, onde consta uma faixa da associação de moradores do bairro, indicando que foi feita a “aquisição” de uma academia pelo deputado Glaycon Franco (PTN). Atendendo ao pedido antigo dos moradores, a outra academia foi instalada, no dia 20, na “Quitandinha”, a Praça São Sebastião, no bairro do mesmo nome. As duas academias também nas cores e no formato padrão da secretaria estadual oferecem a opção em sete aparelhos com carga máxima para 17 praticantes de atividades físicas simultaneamente.

O direcionamento dessas atividades são voltadas, em sua maioria, ao fortalecimento dos membros superiores e inferiores, além de trabalhar a resistência aeróbica, a coordenação motora, a força das costas e o grupo muscular peitoral e dorsal, que auxiliam nas funções cardiovasculares.

Prática

É importante destacar que toda prática esportiva só deve ser feita seguindo orientação médica. Nas cidades onde existem as Secretarias Municipais de Esportes, são designados profissionais da Educação Física para a orientação e acompanhamento das atividades. O horário mais procurado pela comunidade é o do começo da noite. Pela manhã a procura é também grande e o horário intermediário até deve ser evitado, devido a incidência do sol. As academias foram instaladas em locais onde não mais existem as sombras das árvores.

Da Redação

A “moda” das academias públicas ao ar livre não é atual. Já vem de longa data em algumas cidades onde a atividade esportiva é mais desenvolvida, respeitada e tem a atenção especial dos administradores, prefeitos e secretários. Finalmente, com atraso de mais de duas décadas, chegam à cidade a segunda e a terceira academias. Na Praça do Cristo consta uma placa indicando a utilidade dos aparelhos, nas demais nem isso. Por ser a atividade física muito importante para a saúde das pessoas, torna-se necessário não só avisos e ilustrações indicando a postura e a forma adequada de utilização dos aparelhos, mas também da presença de um profissional habilitado a oferecer a devida orientação e o acompanhamento aos leigos para evitar o efeito inverso da atividade física. Em vez de reduzir a presença dos cidadãos nas policlínicas, o exercício errado pode aumentar a ida aos médicos nos já superlotados e deficientes postos de saúde.

Outro fato que merece destaque é em relação à conservação. Desde já fica o lembrete que a obrigação de manutenção do bem público cabe ao município, mas que, nem por isso, a população deve utilizar de modo a danificar os aparelhos ou mesmo depredar o bem que é de toda a comunidade. Vale destacar que os equipamentos de academia não são recomendados às crianças.

Já temos três academias ao ar livre. Esperamos a instalação de mais outras. Sabemos da necessidade de sermos orientados ao uso correto dos aparelhos e preservá-los é uma condição primordial. Então fazemos aqui o convite para que você possa iniciar logo suas atividades físicas. Ainda estamos no começo do ano, oportunidade ideal para uma retomada e um novo direcionamento para sua saúde, seu bem-estar e para que haja melhor qualidade de vida. Escolha seu horário e “mãos e pernas pra que te quero”. (Amauri Machado)

 


Notícia enviada por Arquivo, no dia 06/03/2015




Comente esta Notícia

Galerias

Turma dos “Ô Quêêê” celebra 20 anos de existência às margens do velho e piscoso rio Guaporé

Enquetes


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro