Segunda, 06 de Julho de 2020
Cultura


Coral Lesma Poesia Social grava seu 1º CD



“Um caso de fé, amor e harmonia que só faz progredir”. Essas palavras resumem bem o Coral Lesma Poesia Social, que chega ao seu 5º ano de existência independente, autossustentável e pronto para mais um grande projeto: gravar o seu 1º CD. Embalado pelas vozes de mães na melhor idade, o coral nasceu em 2015, fruto da evolução dos trabalhos de Poesia Social do Grupo Lesma no Centro de Referência do Idoso e em diversas unidades do Cras de Lafaiete. Os trabalhos culturais misturam declamação poética com canções autorais e populares do cancioneiro nacional, com muito humor e lirismo.

Os oficineiros e idealizadores do coral são os poetas Osmir Camilo e Wagner Vieira e o músico Jorge Moreira, e embora seja misto de mulheres e homens, mães e avós são a grande maioria. Além do canto, existe uma série de atividades interativas de cunho social e solidário com outras entidades como asilos, escolas, entre outras. Atualmente, o coral está gravando suas cantorias e recitações no Studio Maizé, de Rafael Augusto, na Santa Matilde, com supervisão musical do músico Tuca Boelsums.

Sobre o coral

Em 2019, o coral tornou-se independente e autossustentável. Este ano, completou 5 anos conservando quase todos os integrantes originais. “Além disso, impera uma amizade que não se restringe apenas ao sentimento, mas avança em direção aos atos. O cuidado e a proteção que uns têm pelos outros firmam o signo das saudáveis relações humanas, partilha de saberes, emoções e afetividade. Sonhos de olhos abertos e regidos pelo singular sentido do afeto único que só as mães sabem multiplicar”, explicam Wagner Vieira e Osmir Camilo.

Com versatilidade e perseverança, o coral já se apresentou em diversas cidades de Minas Gerais e também realizou apresentação épica na Academia Brasileira de Letras (ABL), no estado do Rio de Janeiro. Aplaudidos por onde passam (Santos Dumont, Prados, Sabará, Carandaí, Belo Horizonte, Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto, Rio Espera, Cristiano Oto­ni), esses integrantes honram e cintilam a estrela cultural de Conselheiro Lafaiete. Em Belo Horizonte foram duas apresentações memoráveis em espaços nobres: o Palácio das Artes e o Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em Lafaiete não há quem não conheça essa trupe animada e marcante.

Serviço

E-mail: grupolesma@gmail.com





Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 24/05/2020


Comente esta Notícia