Quinta, 02 de Julho de 2020
Política


MP pede o afastamento do prefeito de Itaverava por sua conduta no enfrentamento da pandemia do coronavírus



Uma decisão da juíza Rafaela Amaral de Oliveira, da Comarca de Lafaiete, poderá levar ao afastamento do prefeito de Itaverava, José Flaviano Pinto. O pedido de afastamento partiu do Ministério Público, justificando pela alta gravidade e reprovabilidade da conduta assumida pelo chefe do executivo frente ao enfrentamento do Coronarírus.

As ações do prefeito, já tem sido questionada pelo MP, uma vez que estaria contrariando as normas sanitárias recomendadas, como o fechamento do comércio. Além disso, José Flaviano teria jogado óleo nos espaços públicos da cidade para evitar aglomerações.

A princípio, o afastamento é de 60 dias, mas pode ser prorrogado. José Flaviano Pinto ainda pode recorrer da decisão.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 23/05/2020


Comente esta Notícia