Polícia


Região registra o 7º assassinato em 2020



Mais um assassinato foi registrado em nossa região. Desta vez, o crime aconteceu em Lafaiete, no sábado dia 15 de março. Por meio de uma denúncia anônima, a Polícia Militar foi informada de que havia um homem aparentando estar desacordado dentro de GM Chevette, na rua Emídio José Ferreira, bairro Triângulo.

No local, os militares encontraram o corpo deitado no banco do motorista, sem os sinais vitais.  A Perícia Técnica foi acionada e constou que o homem, de 42 anos, apresentava várias perfurações na região do pescoço provavelmente causadas por instrumento perfuro-cortante.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal e o veículo foi removido. De acordo com a PM, não foram localizados suspeitos do crime e nem informações sobre possível motivação.

Relembre os casos

O último assassinato que havia sido registrado, foi de um homem, de 24 anos, em Jeceaba, no dia 21 de fevereiro. A morte do jovem, foi o 6º homicídio registrado apelas nos dois primeiros meses do ano.

Quando aos outros cinco crimes, representantes das polícias Civil e Militar prestaram esclarecimentos em uma entrevista coletiva realizada na quinta-feira, 20 de fevereiro – um dia antes do 6º crime ser registrado: “Neste ano tivemos, um homicídio em Lafaiete, que já apurado e o acusado está preso; assim como um em Congonhas também já apurado e os acusados presos. Foram registrados ainda um em Carandaí e dois em Ouro Branco, que estão em investigação”, afirmou na época o delegado regional, João Marcos.

Já o tenente-coronel Eduardo afirmou, também na época, que os indicadores de crimes violentos e de homicídios consumados são baixos na região: “Quando falamos que nossa região que está com esse número de homicídios, entre janeiro e fevereiro, isso nos preocupa muito, porque são vítimas. Mas, é importante que a população entenda que são índices relativamente baixos e nos gera responsabilidade de investir e apurar isso”, finaliza.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 16/03/2020


Comente esta Notícia