Esportes


Domingo de decisão em três campos



Foram quatro jogos dignos de grande semifinal. Bom público, reclamações contra a arbitragem, lances sensacionais, viradas de bola, lançamentos milimétricos, belas defesas dos goleiros e gols em todos os jogos. Daí a valorização dos eventos da Associação Regional de Desportos Máster (Aredesma), que representam o futebol da cidade para a região.

Na Santa Matilde, um jogo muito disputado na preliminar S-60. O Campolina veio mais ofensivo. E o Irajá, na sua tradicional força de marcação. Celso abriu o marcador para o Campolina aos 28 e Irajá empatou aos 14 do 2º tempo, com Joãozinho Piranga, de pênalti. Celso voltou a marcar aos 21 e, na cobrança de falta, a dois minutos do final da partida, Pinóquio estufou a rede e empatou em 2 a 2 para o Tricolor em Fluminense.

Já em Gagé, ainda pela S-60, Xó ampliou a vantagem congonhense com os gols na vitória por 2 a 0 do Astra/Mackenzie sobre o Bela Vista, do Jaci Andrione.

Na partida de fundo do M-50 , em Con­gonhas, o Olaria venceu e quebrou a invencibilidade dos visitantes. Budé (2) e Rogério fizeram os gols da vitória congonhense por 3 a 1. Paulo Hércules marcou o tento de honra do Carandaí, então líder invicto.

 

Foram quatro jogos dignos de grande semifinal. Bom público, reclamações contra a arbitragem, lances sensacionais, viradas de bola, lançamentos milimétricos, belas defesas dos goleiros e gols em todos os jogos. Daí a valorização dos eventos da Associação Regional de Desportos Máster (Aredesma), que representam o futebol da cidade para a região.

Na Santa Matilde, um jogo muito disputado na preliminar S-60. O Campolina veio mais ofensivo. E o Irajá, na sua tradicional força de marcação. Celso abriu o marcador para o Campolina aos 28 e Irajá empatou aos 14 do 2º tempo, com Joãozinho Piranga, de pênalti. Celso voltou a marcar aos 21 e, na cobrança de falta, a dois minutos do final da partida, Pinóquio estufou a rede e empatou em 2 a 2 para o Tricolor em Fluminense.

Já em Gagé, ainda pela S-60, Xó ampliou a vantagem congonhense com os gols na vitória por 2 a 0 do Astra/Mackenzie sobre o Bela Vista, do Jaci Andrione.

Na partida de fundo do M-50 , em Con­gonhas, o Olaria venceu e quebrou a invencibilidade dos visitantes. Budé (2) e Rogério fizeram os gols da vitória congonhense por 3 a 1. Paulo Hércules marcou o tento de honra do Carandaí, então líder invicto.

 

Decisão

A decisão deste domingo será sensacional nos quatro jogos. De acordo com o regulamento, válido para as duas categorias, Astra/Mackenzie e Campolina, no S-60, e Carandaí e Queiroz Júnior, no M-50, jogam em vantagem do empate de pontos e gols e. Ainda no domingo, dia 17, já havíamos recebido os dados gerais de todos os jogos, demonstrando, mais uma vez, a presteza e a organização da Aredesma, o que garante o dinamismo do fechamento da edição colorida em incentivo aos participantes.

Com jogos neste domingo, dia 24, na Vila Cristina, em Congonhas, às 9h, o Bela Vista tem a missão complicada de vencer por diferença de três gols. Ao Astra/Mackenzie, até uma derrota por 2 gols lhe garante na briga pelo tri da categoria. Em Carandaí, às 10h, a obrigação de vitória é do time da casa - e tem que ser por, no mínimo, dois gols. Ao alvinegro Olaria, de Congonhas, até a derrota por um gol garante a vaga na final.

Na preliminar S-60 das 8h, em Gagé, o Irajá precisa da vitória para seguir na briga pelo título. Ao Campolina, outro empate é suficiente. Canequinho disse que respeita o adversário, mas que vence o jogo em Gagé. Já Joãozinho Piranga, atacante do Irajá, deixou a mensagem: “O resultado foi injusto. Estaremos mais completos e, se tudo der certo, vamos vencer no segundo jogo”.

Na M-50 das 9h30, o tricolor da casa joga com a vantagem do empate para manter sua briga pelo título invicto. O Queiroz Júnior, que precisou correr muito para empatar nos minutos finais, tem a vantagem do empate e ainda está invicto. Ao Campolina, só a vitória o mantém na disputa e o técnico Vilela garantiu: “Pode escrever: nós vamos ganhar lá em Gagé”. A finalíssima será em jogo único, dia 1º, possivelmente na Santa Matilde - se alguém conseguir fazer a limpeza no estádio.

Na edição anterior, acabei embarcando “numa canoa furada” e colaborei numa espécie de ‘fake news’, quando divulguei a notícia de que o campo do Industrial teria a grama podada e que o mato do entorno do alambrado também seria cortado, de acordo com a informação passada pelo Bruno Santiago, coordenador de Esportes da Secretaria de Es­portes. Só que o mato e a grama estão ainda maiores. Portanto, não foi feita a limpeza. A responsabilidade pela manutenção é da Se­cretaria de Esportes. Os atletas, dirigentes e jogadores criticaram muito a notícia e a prefeitura. De minha parte está explicado: só repassei e acreditei na informação que me foi passada

Finalistas

 

Na rodada decisiva da semifinal da Aredesma, no domingo, dia 24, pela S-60+ o Astra/Mackenzie goleou o Bela Vista por 7 a 2 e o Campolina venceu o Irajá por 3 a 1. Astra/Mackenzie x Campolina farão a final em apenas um jogo no dia 1º.

Pela M-50+, o Queiróz Júnior venceu o Campolina por 3 a 1 e o Carandai perdeu em casa para o Olaria por 2 a 1. Queiróz Júnior e Olaria são os finalistas deste domingo, dia 1º. (Amauri Machado)





Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 26/11/2019


Comente esta Notícia