Quinta, 02 de Julho de 2020
Comunidade


600 crianças já aguardam o Papai Noel dos Correios em CL

Campanha se estende até o dia 6 ou enquanto houver cartinhas; saiba como adotá-las e realizar um sonho infantil


Vestido de vermelho, com longa barba e cabelos brancos, o Bom Velhinho faz parte do imaginário infantil. Desde cedo, crianças aprendem a esperar pelo Papai Noel, que retribui com presentes o bom comportamento durante todo o ano. Mas, para muitas delas, ele não virá - a não ser que você faça a sua parte. Desde a segunda-feira, dia 4, brasileiros de todo o país já podem adotar cartinhas. Algumas delas foram enviadas ‘diretamente ao Papai Noel’. Outras são de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Só de Lafaiete, há 600 aguardando por um padrinho.
Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP. Os interessados podem se dirigir à agência central dos Correios em Lafaiete. A adoção fica aberta enquanto existirem cartinhas, ou, no máximo, até o dia 6 de dezembro – data limite para entregar os presentes a tempo de alegrar o Natal das crianças. Em outros municípios de Minas, as datas para o lançamento da campanha, adoção de cartinhas e entrega dos presentes podem variar, de acordo com as particularidades locais.

30 ANOS

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.
Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Funcionamento da campanha

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na Casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. É importante destacar que os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios que, posteriormente, realizam a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.


Serviço

Campanha Papai Noel dos Correios 2019
Onde adotar as cartinhas: agência
central dos Correios, em Lafaiete
Endereço: rua Dias de Souza, 81, Centro.
Horário: 8h30 às 17h
Término da campanha: 6/12/2019
Mais informações: (31) 3769-1100




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 12/11/2019


Comente esta Notícia