Política


Cadastramento biométrico em Congonhas ainda não é obrigatório



Na edição impressa anterior e em nosso portal na internet, publicamos uma matéria levantando a situação do cadastramento biométrico nas cidades da região. Mas devido a uma informação incorreta fornecida pelo cartório eleitoral de Lafaiete, divulgamos, erroneamente, que na cidade de Congonhas o procedimento já estava sendo realizado de forma obrigatória.
A informação foi corrigida pela Coordenadoria de Comunicação Social do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais que, em nota, detalhou: “Informamos que a notícia http://www.jornalcorreiodacidade.com.br/noticias/18289-congonhas-ouro-branco-e-lafaiete-dao-pessimo-exemplo-na-biometria--e-lideram-estatisticas-negativas apresenta um dado incorreto. O município de Congonhas não está passando pelo procedimento de revisão biométrica obrigatória (diversamente de Lafaiete e Ouro Branco). Dessa forma, não há prazo final em Congonhas para a biometria.
Esclarecemos, ainda, que as informações sobre a Biometria em Minas podem ser encontradas em nosso portal: http://www.tre-mg.jus.br/eleitor/biometria”, finaliza.
Diante da nova informação, destacamos que os eleitores da Cidade dos Profetas que desejarem atualizar seu cadastro já realizando o procedimento para biometria podem procurar a sede local do TRE: o serviço já está sendo realizado e, inclusive, já foi concluído por 15,97% do eleitorado. No entanto, como transcorre em caráter ordinário (não obrigatório), ainda não há data limite para conclusão dos trabalhos.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 07/11/2019


Comente esta Notícia