Política


Assessora parlamentar e dirigente do PSL em Lafaiete denuncia que ministro do Turismo usou serviços sem nota fiscal



A vice-presidente regional do PSL em Lafaiete e assessora parlamentar do vereador Divino Pereira (PSL),Ivanete Nogueira, disse que na eleição de 2018, quando era candidato a deputado federal, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), atual ministro do Turismo, usou serviços sem nota fiscal e fez pagamentos com dinheiro entregue em uma caixa de papel.
A denúncia foi divulgada na terça-feira, dia 8, pela Folha de S.Paulo. Ivanete disse que o dinheiro foi entregue pelo então assessor Jandir Siqueira para pagar o pessoal contratado para fazer panfletagem e o aluguel de um salão.
“Eu recebi o dinheiro no dia 5 de outubro, faltando dois dias para as eleições, no gabinete do Marcelo Álvaro, e o Jandir [Siqueira] que me passou dinheiro numa caixinha de papelão no valor de R$ 17 mil. Estavam no gabinete o assessor do deputado, o assessor Mateus [Von Rondon], Gricielly [Kopke] e o Jandir, que me passou o dinheiro”, disse ela.

Ivanete disse ainda que tentou entregar para Jandir Siqueira os recibos da prestação de serviços, mas que ele não quis receber. Ela disse também que entregou esses documentos para a Polícia Federal. A dirigente do PSL já prestou dois depoimentos.
De acordo com os investigadores, os recibos não estão na prestação de contas da campanha de Marcelo Álvaro Antônio.

Fonte e fotos: G1

Confira reportagem completa na edição impressa




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 09/10/2019


Comente esta Notícia