Comunidade


Saiba mais sobre a otite e como ela afeta os animais de estimação



Você sabia que, assim como nós, seres humanos, os nossos animais de estimação também podem sofrer com a otite? E que o problema é mais comum do que se pode imaginar? Por isso, hoje vou abordar as causas da otite nos pets e como os tratamentos devem ser realizados. Otite é o nome que se dá para doenças decorrentes de infecções ou inflamações do aparelho auditivo. Elas podem ocorrer nas partes internas, média ou externa do canal auditivo e estão entre as principais causas de visitas dos bichinhos ao veterinário.

As causas

Devido às particularidades que a anatomia das orelhas dos animais têm, a otite pode ser causada por diversos fatores, que vão desde o acúmulo de cerúmen ou até mesmo infecções decorrentes de fungos e parasitas. Além disso, o processo inflamatório também pode ocorrer devido à falta de atenção aos cuidados básicos, como: a higienização incorreta, o uso de produtos inadequados, acúmulo de água depois do banho, umidade e temperaturas elevadas e baixas do ambiente.
Os primeiros sintomas de que o animal está com otite surgem com coceiras em excesso na região das orelhas e incômodos. Tentativas de esfregar o focinho no chão, balançar a cabeça, cheiro ruim nas orelhas, principalmente acompanhada de secreção e espirros constantes são outros sintomas que devem ser observados.


Tratamento

Você deve ficar bem atento aos sinais que seu animalzinho de estimação der e, se caso suspeitar que sejam sintomas de otite, procure o mais rápido possível um veterinário. Os tratamentos, em sua maioria, são feitos à base de medicamentos que, assim como em nós, só devem ser prescritos por um profissional.
Nos casos mais simples, apenas a limpeza do local ameniza os sintomas da infecção. Porém, os tratamentos também são feitos à base de antibióticos ou anti-inflamatórios. Eles devem ser ministrados conforme as orientações e, principalmente, por todo o período indicado. Caso contrário, pode haver reincidência da doença.

Prevenção

Não existe uma fórmula para combater 100% o aparecimento das otites, porém, a melhor solução é a higienização adequada e frequente dos ouvidos do seu animal de estimação. Outra solução é evitar a umidade das orelhas, que pode contribuir para a proliferação de fungos e, consequentemente, causar a otite. Já no caso dos cães com orelhas peludas, a tosa higiênica também é recomendada: assim retira-se o excesso de pelos que acumula sujeira próximo ao ouvido.
Bom, agora você aprendeu um pouco mais sobre a otite em animais. Caso seu animalzinho apresente algum sintoma ou, caso você tenha dúvidas sobre a higienização correta, não faça nada por conta própria: procure o veterinário mais próximo de você. A otite pode parecer uma inflamação simples, mas se não for corretamente tratada, gera consequências sérias. Até a próxima edição!

Serviço

Clínica Veterinária São?Francisco
Jean Ciarallo
Veterinário especialista
em Clínica e Ortopedia

Endereço: rua Duque de Caxias,
352, Quinta das Flores.
Mais informações: (31) 3721-1530 /
saofrancisco@cvsf.com.br




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 30/08/2019


Comente esta Notícia