Comunidade


Rotativo Digital TiMob já usa novo sistema de créditos através do CPF

São 1800 vagas de estacionamentos pela cidade e até setembro serão 40 monitores; número da vaga não precisará mais ser informado


Após solicitação de usuários, o sistema de cobrança para o uso de vagas em estacionamentos rotativos de Lafaiete mudou. Uma das alterações feitas pela TiMob foi na forma de registro de créditos para os condutores. Anteriormente, o crédito era aplicado à placa do veículo. Com a alteração, válida desde 1º de agosto, o crédito começou a ser atrelado ao CPF do condutor, que poderá utilizá-lo para qualquer veículo. Ele poderá informar, no aplicativo Rotativo Digital Lafaiete, várias placas para o seu CPF. Outra opção será informar ao monitor ou nos pontos de venda seu CPF e a placa do veículo para o qual usará seus créditos. A expectativa da empresa é que, a partir de setembro o número de monitores aumente de 13 para?40. Eles estarão nas ruas vendendo e prestando informações aos usuários. Não houve alteração no valor, permanecendo R$2 para carro e R$1 para moto a cada 2h de permanência na vaga.
O novo sistema tem sido considerado mais fácil de usar por possuir plataforma autoexplicativa. O gerente de operações da TiMob, Diego Alberto Sobrinho, explica: “No momento do estacionamento, o condutor que tiver o a placa cadastrada em seu CPF no aplicativo poderá selecioná-la e ativar o crédito para estacionar. Para quem não possui aparelho, os meios de compra e ativação não foram alterados. São 62 pontos de vendas espalhados pela cidade, além de monitores que estarão na rua. E agora, os usuários terão a opção de realizar a recarga através da página na internet, no nosso escritório ou pelo WhatsApp, onde um robô com inteligência artificial ajudará nas dúvidas, podendo direcionar à central de atendimentos, em Belo Horizonte.”
Diego ainda informou que a ativação automática continua. Ao ver um veículo cadastrado com CPF, caso ele possua crédito e não tenha ativado o estacionamento, os monitores farão a ativação, evitando que a pessoa seja autuada. Ele lembra que essa opção não tira a responsabilidade do condutor. “Pode acontecer dos monitores estarem subindo a rua e o fiscal de trânsito descendo; há desencontros. Não temos controle nenhum sobre a fiscalização do município. Apenas oferecemos o serviço para manter as vagas regularizadas com rotatividade”. Com equipamento próprio para verificar a regularidade do rotativo do carro, os agentes têm poder de realizar autuação, gerando multa no valor de R$195,23 e cinco pontos na carteira por infração grave. Ainda são cabíveis medidas administrativas e a remoção do veículo.

Resgatando seu crédito antigo

Com a nova plataforma, o aplicativo antigo não será mais válido e os créditos anteriormente atrelados à placa do veículo serão transferidos para o CPF do condutor assim que a placa do veículo for adicionada ao seu dono, por meio das informações do cadastro no aplicativo. “Pode haver casos em que a pessoa possui crédito mas, no momento, visualiza seu saldo como zerado. Para resolver isso, o primeiro passo é fazer o download do aplicativo e completar as informações de cadastro. Como a plataforma não conhece o CPF da pessoa, a placa com o crédito está na ‘nuvem’. O crédito está lá. Entre­tanto, não se sabe quem é o dono. Assim que a pessoa realizar o download do aplicativo e completar o cadastro, adicionando o CPF à placa do carro, o sistema entende que a placa coincidiu e os créditos serão resgatados”, informa.

 

 

 

Valores: R$2 para carro
R$1 para moto
Obrigatoriedade nos horários:
Segunda a sexta: das 8h às 18h. Sábados: das 8h às 13h.
Domingo: livre.
Vendas: monitores nas ruas, pontos de vendas credenciados, aplicativo
de celular, site, WhatsApp ou no
escritório da empresa, localizado na avenida prefeito Telésforo Cândido
de Rezende, 380, sala 301.
Whatsapp: (31) 9 8423-239
Site: www.rotativodigital.com.br/ conselheiro-lafaiete
Infração: R$195,23 +
5 pontos na carteira




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 15/08/2019


Comente esta Notícia