Polícia


Vítimas da violência, 200 mulheres já pediram proteção da Justiça em Lafaiete

Delegada afirma que apesar do número significativo, a reincidência nos casos diminuiu e a taxa de feminicídio é ínfima na cidade


Nos cinco primeiros meses do ano, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Lafaiete instaurou cerca de 230 inquéritos policiais, expediu quase 200 medidas protetivas e concluiu aproximadamente 180 inquéritos. Os dados, apresentados durante a inauguração da nova sede, no dia 14, pela delegada Bethânia Aparecida Barbosa Bianchetti, mostram que houve um aumento significativo no número de procedimentos. Apesar disso, segundo a delegada, o trabalho da Deam tem refletido no baixo índice de reincidência nos casos e na taxa de homicídio cometido contra mulheres motivado por violência doméstica ou discriminação de gênero: “As taxas de feminicídio são ínfimas, se comparadas à realidade do restante do país. Foram registrados cinco crimes dessa natureza no nosso município desde a edição da lei que criou o tipo penal, em 2015. E, hoje, temos um resultado de 100% de apuração desses crimes”, pontua.
Para Bethânia Bianchetti, a nova sede foi idealizada para proporcionar às vítimas de violência e aos demais cidadãos o melhor atendimento, garantindo privacidade e conforto. Ela destaca, também, que o espaço abrigará o posto de identificação do município: “Cerca de 100 pessoas são atendidas todos os dias nessa unidade, quase 2 mil pessoas por mês, para emissão de carteiras de identidade e atestados de antecedentes. A unidade é responsável pelo gerenciamento dos postos dos 26 municípios que integram a delegacia regional e está presente em diversos eventos sociais promovidos por outras entidades”, situa.
A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher também é a responsável pela apuração de crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Estatuto do Idoso: “Não só instaura inquéritos policiais e outros procedimentos, mas realiza concomitantemente um trabalho de orientação, apoio psicológico e conscientização, defendendo também os valores da família, mola mestra de uma sociedade sadia. Para tanto, estreitamos os laços com os demais integrantes de apoio do município, como Creas, Conselho Tutelar, Poder Judiciário e Ministério Público”, pondera.

Nova sede

Presente na inauguração da nova sede da Deam, o deputado estadual Glaycon Franco (PV) destacou que, com a mudança de endereço, o antigo espaço será transformado em posto da Polícia Militar: “Vamos dar mais condições e atendimento especial às mulheres, mas também vamos ganhar uma nova unidade descentralizada da PM em Lafaiete. Foi inaugurada há pouco tempo uma unidade no Santa Matilde. Em breve, será inaugurada uma unidade da PM na região central, que é um sonho antigo de toda população lafaietense e de toda a região.
Já o prefeito Mário Marcus destacou que segurança pública era uma das maiores preocupações dos lafaietenses por causa do alto índice de criminalidade, violência e falta de segurança no município: “A partir do momento em que assumimos a prefeitura, nos colocamos como parceiros das polícias e de todas as forças de segurança do município, para minimizar esses problemas. Podemos hoje dizer, com muito orgulho, que Lafaiete apresenta um dos menores índices de violência do estado. Não são ainda os índices desejáveis, mas são muito importantes”.
Chefe da Polícia Civil em Minas Geral, Wagner Pinto de Souza afirmou que a delegada Bethânia irá realizar um bom trabalho buscando a tutela das mulheres: “Sabemos que os crimes contra as mulheres estão cada vez mais comuns e precisamos de estratégias investigativas para o seu combate. Quando percebemos esse elo de segurança, entendemos que o criminoso está em apuros. Não podemos, em hipótese alguma, estar dissociados, porque a segurança pública é única”, pondera.

Serviço

Delegacia Especializada
de Atendimento à Mulher
Endereço: rua Narciso Junior,
390, Campo Alegre
Telefone: 3769-1227
Horário de funcionamento: das
8h30 às 12h e das 14h às 18h.

 




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 26/06/2019


Comente esta Notícia