Região


Moda de viola e caldos saborosos marcam chegada do frio em Congonhas



A chuva deu uma trégua e o frio chegou de mansinho à Cidade dos Profetas, tornando o clima perfeito para a tradicional Noite de Caldos e Violas, realizada na noite deste sábado, 18, na Igreja São José e na Ladeira Bom Jesus. Tiveram caldos para todos os gostos, como de feijão, mandioca e moranga, além de churrasquinho e outros pratos quentinhos. E amanhã a festa continua com o 19° Festival da Quitanda.

No palco, a violeira Adriana Farias relembrou clássicos Direto de São Paulo, Adriana Farias abrilhantou a Noite de Caldos e Violas, relembrando clássicos da viola caipira, como “Canarinho do Peito Amarelo”, e apresentando músicas autorais, como “Sereno”. “Como é um festival voltado à viola, o pessoal já está com acostumado com o repertório de viola, fiquei muito feliz de terem de ter sido chamada. Tem tudo a ver com o evento. Estou super grata por estar aqui”, disse.

Quem subiu no palco também foi o grupo Tribo de Gonzaga, que fez o público dançar no ritmo do forró. No repertório, canções clássicas como “Anunciação” e “Táxi Lunar”, além de “Cirandeiro”, música autoral.

Confira a programação

Domingo (19/05)

13h30: Premiação do Concurso de Quitandas

14h: Chico Lobo

16h: Banda Carpiah


 




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 19/05/2019


Comente esta Notícia