Política


Lafaiete recebe autorização para concluir creche do Bela Vista



A tão aguardada creche do bairro Bela Vista, que está há anos parada, deve, enfim, ser concluída. A notícia foi dada pelos vereadores Sandro José (PSDB) e João Paulo (DEM) na reunião da Câmara Municipal, na quinta-feira, dia 25 de abril.

Na palavra franca, o vereador afirmou que havia se reunido com o prefeito Mário Marcus, que lhe deu a informação: “Saiu a liberação para a creche do Bela Vista. Estive com o prefeito e ele disse que foi aprovado o projeto no Governo Federal e que a prefeitura vai ter que entrar com uma contrapartida de em torno de R$ 900 mil e tem em caixa em torno de R$ 200 mil.”

Ainda segundo o edil, já foi feito o processo de levantamento de preço, para licitação e contratação de uma nova empresa: “Então, temos a expectativa de que, com todas as dificuldades, dentro de 7 a 12 meses já tenhamos uma nova unidade para atender a demanda de creche”, pontuou.

O vereador João Paulo explicou como foi o trabalho da Administração para conseguir a aprovação do projeto: “O convênio é R$ 1.320.867,35. E esse valor foi depositado 100% na conta do município pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Só que foi feito apenas 54% da obra e, desse valor, hoje existe em conta R$ 208.684,19. No ano passado, quando o prefeito foi ao FNDE, a situação era que Lafaiete teria que devolver esse montante de mais de R$ 1 milhão. O prefeito, então, apresentou o novo projeto e situação e eles aceitaram”.

João Paulo afirmou também que o valor de mais de R$ 200 mil, que está em caixa, será usado para o término e o município terá uma contrapartida de R$ 955.561,00. “Então ao invés de devolver mais de R$ 1 milhão, vamos gastar R$ 900 mil e ter uma creche, que é uma demanda grande da cidade. Cumprimentamos o prefeito pelo empenho em resolver essa obra, que ficou parada por duas administrações”.

Por fim, o vereador afirmou que será necessário apurar o que foi feito com o dinheiro depositado pelo FNDE: “A gente estranha que veio 100% do dinheiro e só 54% da obra foi feita. Então deveria ter 46% do dinheiro em conta e não tem. Esse dinheiro tem que estar em algum lugar e temos que olhar isso, porque é nossa obrigação”, cobra João Paulo.

Relembre o caso

Apresentada ainda no governo José Milton como um grande e valioso projeto para atender crianças de 0 a 5 anos, a obra da creche do Bela Vista (região nordeste) atravessou todo o governo Ivar e é, hoje, o retrato do abandono. Paredes rachadas, falhas grosseiras na estrutura, materiais abandonados e mato por toda parte dão a impressão de que o grupo de trabalhadores simplesmente saiu para o almoço e não voltou mais.

O próprio tempo já corrói a estrutura que tem prazo de entrega vencido, mas que até então não tem dada para ser concluída. Enquanto isso, muitas crianças aguardam na lista de espera por vagas em creches municipais.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 28/04/2019


Comente esta Notícia