Política


Glaycon vota com a maioria e derruba veto ao projeto que incentiva prevenção ao diabetes nas escolas



A Assembleia Legislativa de Minas Gerais derrubou o veto do governador Romeu Zema ao projeto que define diretrizes para a implementação de ações de prevenção e controle do diabetes em crianças e adolescentes matriculados nas escolas públicas e particulares do estado. A proposta prevê a realização de campanhas educativas, o incentivo a hábitos alimentares saudáveis, a promoção de atividades físicas para os estudantes e o combate à discriminação a crianças e adolescentes diabéticos. 

Ao justificar o veto ao projeto, o governador alegou que o Sistema Único de Saúde (SUS) já oferece políticas públicas que contemplam as mesmas diretrizes da norma aprovada pela Assembleia. Argumenta, ainda, que a iniciativa de criar políticas públicas como esta não compete ao Legislativo e deve partir exclusivamente do Governo. Para derrubar o veto, seriam necessários 39 votos e 49 parlamentares se posicionaram a favor. 

Membro do bloco independente “Minas Tem História”, o deputado estadual Glaycon Franco (PV) foi um dos primeiros a se posicionar pela rejeição ao veto do governador. Médi­co com larga experiência no tratamento de doenças crônicas, Glaycon disse que sua postura não poderia ser outra, por acreditar que a prevenção é sempre o melhor remédio. Ainda se­gundo o parlamentar, a discriminação provoca em quem é vítima dela efeitos tão nocivos quanto os de uma doença que não é adequadamente tratada. Considera, ainda, que atitudes preconceituosas têm efeito psicológico ainda mais devastador quando atingem crianças e adolescentes.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 31/03/2019


Comente esta Notícia