Saúde


Contabilizando 13 óbitos só este ano, Tuberculose é problema de saúde pública em Minas Gerais



Em menos de três meses, já foram notificados 506 casos de tuberculose em Minas Gerais e 13 terminaram em morte. Em 2018, foram notificados 4.223 casos da doença e 232 óbitos. Ao todo, 549 municípios mineiros tiveram, pelo menos, um caso de tuberculose no ano passado.
A tuberculose tornou-se problema de saúde pública em Minas Gerais. Como forma de combate e prevenção da doença, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) lançou, na terça-feira, dia 19, o Plano Estadual pelo Fim da Tuberculose. O plano irá orientar as ações de vigilância, assistência e planejamento em saúde no controle da tuberculose, apresentando propostas efetivas para o enfrentamento da doença no estado.
O combate contra a tuberculose é prioridade e um desafio para o SUS. O plano Estadual possui parceiros como a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Ministério da Saúde, regionais de Saúde do estado, municípios e diferentes áreas técnicas e setores da SES.

O que é a tuberculose?

A tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa causada por uma bactéria que afeta, principalmente, os pulmões, mas também pode atingir outras partes do corpo. A doença é transmitida através da tosse, de pessoa para pessoa, pelo ar. A tosse com duração de três ou mais semanas é um dos sintomas principais, acompanhada ou não de febre ao final da tarde, suor noturno e emagrecimento.
O diagnóstico e o tratamento da tuberculose podem ser realizados pelo SUS. A doença tem cura e, para o êxito do tratamento, é importante que o paciente tome os medicamentos de forma regular e pelo tempo previsto.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 27/03/2019


Comente esta Notícia