Região


Casa de Música anuncia VI Festival de Violoncelos de Ouro Branco

Evento será realizado de 13 a 20 de abril de 2019. Estudantes e músicos interessados em participar devem se inscrever até 22 de março


A Casa de Música de Ouro Brancorealiza em 2019 a sexta edição do Festival de Violoncelos.  Entre 13 e 20 de abril, o evento reúne na cidade mineira estudantes, professores e músicos de diversas partes do Brasil e até mesmo de outros países. 

Os interessados podem se inscrever até dia22 de março por meio do site:  www.casademusica.org/inscricoes/festival-violoncelos. Na página, é possível encontrar o regulamento. A seleção será feita pela direção artística do festival por meio de análise de currículo e vídeo postado. 

O Festival de Violoncelos de Ouro Brancooferece master classes, oficinas e promove recitais e concertos, vários deles com a participação dos alunos e professores. 

O evento tem a direção artística do violoncelista Matias de Oliveira Pinto, idealizador do projeto. Pedagogo muito solicitado, Matias é professor de violoncelo na Universidade das Artes de Berlim e na Faculdade de Música de Münster. Realiza extensas tournées pelos EUA, vários países da América do Sul, toda a Europa, Ásia, Nova Zelândia e Austrália, apresentando-se também em importantes festivais.

Entre os professores confirmados estãoEduardo Swerts, Fábio Presgrave, Kayami Satomi, Matias de Oliveira Pinto e Márcio Carneiro, além dos assistentes Isaac Andrade e Julia Wasmund. A pianista Risa Adachi também é presença certa. As aulas e ensaios tem início no dia 14 de abril. 

A abertura da programação será no sábado, 13 de abril, com concerto no auditório do Hotel Verdes Mares, às 20h30. Matias de Oliveira Pinto, Marcio Carneiro (violino) e Risa Adachi (piano) trazem para festival composições de Ludwig van Beethoven (1770-1827) e do belga César Franck (1822 – 1890). Pode-se dizer que Beethoven preparou o terreno para o Romantismo, enquanto Frank, gerações depois, foi considerado um dos seus principais expoentes. As duas sonatas apresentadas são contrastantes. Enquanto a de Beethoven apresenta uma estrutura clássica mais sóbria, a composição de Franck é mais livre e passional. 

No domingo, 14 de abril, também às 20h30 no auditório do Hotel Verdes Mares, será a vez do Concerto “Münster em Ouro Branco”. Já a programação da segunda-feira, 15 de abril, e da terça-feira, 16 de abril, ainda será definida. No dia 17 de abril, um grupo de violoncelistas segue para Ouro Preto, cidade-irmã de Ouro Branco, onde realiza um concerto especial, dentro da programação da Semana Santa da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar. 

No dia18 de abril, quinta-feira, às 20h30, o festival recebe – na Capela de Santana da Fazenda Pé do Morro -o Ensamble do VI Festival de Violoncelos. 

O concerto do dia seguinte, sexta-feira, 19 de abril,às 20h30, também será na Capela de Santana da Fazenda Pé do Morro, onde se apresenta a Orquestra de Câmara do SESIMINAS, com regência do maestro Marco Antônio Maia Drumond e participação de professores do Festival de Violoncelos. O programa escolhido é mais focado na tradição ocidental da música erudita de concerto, com peças de Franz Joseph Haydn (1732 – 1809) e Antonio Vivaldi (1678 – 1741). 

O encerramento do festival será no sábado, 20 de abril, às 16h, no MMGerdau – Museu das Minas e do Metal, em Belo Horizonte, com nova apresentação do Ensamble do VI Festival de Violoncelos.

A entrada para todos os concertos é gratuita.

 

 




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 19/03/2019


Comente esta Notícia