Comunidade


Brumadinho não foi alvo de atentado estrangeiro, diz Abin em nota



A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) emitiu uma nota nesta segunda-feira, 28, na qual rechaça um boato espalhado nas redes sociais que atribui o rompimento da barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG) a um suposto ataque terrorista executado por dois homens, um cubano e um venezuelano.

A notícia falsa se espalhou tão logo se iniciou a cobertura da tragédia. Segundo a Abin, a informação é "totalmente inverídica" e não há "qualquer relato sobre prisões de venezuelano e cubano na região".

A mensagem divulgada principalmente por meio de WhatsApp informava que os dois supostos terroristas haviam sido presos pela Polícia Rodoviária Federal. A PRF também emitiu nota para negar as prisões.

A causa do acidente em Brumadinho ainda é desconhecida. Há várias investigações em andamento sobre o episódio, entre elas as conduzidas pela Procuradoria-Geral da República, pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Estadual.

Fonte: Veja /Estadão conteúdo




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 29/01/2019


Comente esta Notícia