Comunidade


Prefeitura começa a apreender carcaças e carros abandonados em CL



Carros abandonados em via pública  são um problema recorrente em Lafaiete e, há muitos anos, motivam denúncias entre os leitores do Jornal CORREIO. A partir deste mês, um acordo firmado permitirá que o município delegue ao Detran "atividades de re­moção e guarda de veículo automotor apreen­dido em razão de qualquer infração de trânsito de competência mu­ni­cipal e a realização dos leilões de veículos apreendidos", cumprindo a Lei Municipal 5.716, de 6 de maio de 2005.

Em entrevista ao Jornal CORREIO, Pe­dro Lou­reiro afirmou que, até na próxima semana, o serviço estará em funcionamento na cidade. La­faiete já possui espaço para depósito dos objetos de apreensão. Os pátios disponíveis são o Socorro Profeta e o Auto Socorro Costa, já credenciados pela Polícia Civil. "O foco não está apenas nos carros abandonados, mas também nas infrações de trânsito. O desrespeito de alguns motoristas, por exemplo, às vagas [reservadas] para os idosos e deficientes físicos levará à remoção dos veículos", afirma. Durante essas situações, o agente de trânsito apitará na expectativa de que o proprietário do veículo apareça. Caso isso não aconteça, o automóvel será removido e o local, marcado avisando ao condutor que o carro foi removido. "A medida do 'aviso' é necessária para evitar que o infrator tenha suspeita de que seu veículo foi furtado", explica Pedro Loureiro.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 04/01/2019


Comente esta Notícia