Polícia


Desrespeitando as leis de trânsito, motos barulhentas viram tormento no Centro



Você está caminhando pela Telésforo Cândido de Resende, no Centro. De repente, passa uma moto muito barulhenta que te faz até interromper uma conversa pessoalmente ou pelo telefone, porque você não consegue ouvir a outra pessoa. Todo mundo já passou por isso pelo menos uma vez na vida. Agora, imagine quem tem que conviver com esses ruídos durante todo o dia enquanto está no trabalho. Infringindo as leis de trânsito, motoqueiros fazem alterações no cano de descarrega ou andam com o silenciador defeituoso. Com isso, a principal avenida na cidade, onde há o maior fluxo do de veículos, está se tornando ensurdecedora. O que muita gente não sabe é que, além de configurar infração grave, que pode ser punida com multa e retenção do veículo, pilotar uma moto barulhenta pode configurar crime de perturbação do sossego.
Trabalhando há 3 anos em um comércio na avenida, uma auxiliar de caixa, de 35 anos, que preferiu não ser identificada, afirma que a avenida Telésforo é muito barulhenta: "Com certeza, o que mais me incomoda é o barulho das motos. Não sei o que os motoqueiros fazem, mas é muito desnecessário. Durante a semana é menos frequente. Mas no fim de semana, principalmente nos domingos, têm grupos de motos que passam aqui, deixando  a situação ainda mais incômoda. Às vezes, fica difícil até trabalhar. É cansativo", relata.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 04/01/2019


Comente esta Notícia