Comunidade


Metade das escolas infantis particulares de Lafaiete estão em situação irregular



Pais que se preparam para fazer a matrícula de seus filhos devem estar atentos: segundo o Conselho Municipal de Edu­cação (CME) de Lafaiete, 17, das 34 escolas infantis particulares que pertencem ao Sistema Municipal de Ensino, estão em situação irregular. O levantamento, feito pelo órgão municipal competente para fiscalizar a qualidade da educação municipal e a segurança dos alunos, detalha que há cinco escolas com autorização vencida, onze escolas que não possuem ato autorizativo e uma escola com processo em análise no órgão. Diversas notificações foram encaminhadas aos responsáveis pelas instituições, informando sobre a necessidade de regularização.
Presidente do CME, Cláudio Maurício dos Santos Souza revela que, desde 2013, o Conselho tem trabalhado para que todas as escolas infantis particulares sejam regularizadas e possuam o ato de autorização de funcionamento. "Em julho do ano de 2017, foi realizada uma reunião com os dirigentes e acordado o prazo de 60 dias para que as escolas entregassem o processo de autorização. Como muitas escolas não cumpriram o prazo determinado, uma nova reunião foi realizada em setembro de 2018, alertando, mais uma vez, da necessidade de regularização. Nessa oportunidade, também informamos a realização de certificação em favor das escolas que estão regularizadas", explica.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 07/12/2018


Comente esta Notícia