Comunidade


Travessia perigosa pode inviabilizar Mart Minas às margens da BR-040



A cerca de 1 mês da inauguração da maior unidade de atacarejo da região, o que tem deixado a cidade apreensiva é a segurança. O terreno, de 22.500m², está localizado bem às margens da rodovia 040. E se ponto estratégico facilita o acesso de clientes de todo o Alto Pa­rao­peba, exige estrutura para uma travessia: sem uma trincheira, trevo ou mesmo um semáforo que force a redução de velocidade e facilite o acesso de clientes, funcionários e fornecedores, o receio é que o local se torne ainda mais perigoso. O empreendimento vai gerar 300 vagas- sendo 150 empregos diretos e 150 indiretos. Conforme explica o promotor Glauco Pere­gri­no, o Plano Diretor de Conselheiro Lafaiete exige que a implantação de qualquer empreendimento fortemente atrativo de veículos seja precedido de um estudo de impacto de vizinhança - EIV, que avalie os impactos positivos e negativos do novo empreendimento e proponha medidas mitigadoras desses impactos. "Deve ser questionado à administração municipal se esse estudo foi apresentado e quais medidas mitigadoras foram estabelecidas. Caso seja confirmado que não houve a apresentação desse estudo à administração, o Ministério Público poderá instaurar um inquérito civil para apurar a omissão e cobrar a elaboração do estudo", alerta.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, 11 de outubro


Escrito por Redação, no dia 11/10/2018