Região


Escolas recebem SmartKit do Programa de Formação em Mídia-Educação do Museu de Congonhas



Alunos e professores conectados: essa realidade está cada vez mais próxima de ser realidade nas escolas, Professora Celina Cruz e Monsenhor Rafael, dos distritos de Motas e Miguel Burnier em Ouro Preto, e da Escola Municipal Amynthas Jacques de Moraes de Lobo Leite, em Congonhas. As instituições receberam do Programa de Formação em Mídia-Educação do Museu de Congonhas uma smartTV e um smarthphone, equipamentos que a partir de agora farão parte da rotina de aprendizagem dos alunos. A entrega é mais uma etapa concluída do programa que, desde 2017, trabalha na formação de educadores para as novas mídias. A iniciativa conta com os patrocínios da Gerdau e da Cemig, esta última por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo de Minas Gerais.

 "Os equipamentos são de grande importância para efetivação da proposta de novas metodologias pedagógicas para a sala de aula, aliando o ensino-aprendizagem ao desenvolvimento tecnológico. O projeto beneficiou todas as escolas do município e na nesta segunda fase desenvolverá junto à equipe da Escola Municipal Amynthas Jacques de Moraes, em Lobo Leite, a execução das práticas debatidas nos cursos e seminários", comemorou Rosilene Junqueira, diretora de Educação Básica da Secretária Municipal de Educação em Congonhas.

Não são apenas as escolas de Congonhas que foram beneficiadas com o Programa de Mídia-Educação, dois distritos de Ouro Preto, que ficam próximas da Cidade dos Profetas, participam desta iniciativa, as escolas municipais Professora Celina Cruz e Monsenhor Rafael. Os equipamentos tornarão possível desenvolver atividades pedagógicas diferenciadas e mais atrativas para os estudantes. O próximo passo será o desenvolvimento de atividades nessas instituições, nos meses de outubro e novembro, utilizando os equipamentos, com orientação do curador do programa João Alegria e do designer Daniel Laia.

A jovem Lorrainy Evelin dos Santos Gomes, de 11 anos, estuda no 5º ano da escola Celina Cruz, e ficou muito empolgada em ver a sua escola mais equipada. "Muito bom a gente ter agora essa tv e smartphone, vai ajudar a gente a ter conhecimento sobre tecnologia que antes não tínhamos aqui. A gente vai aprender e se divertir junto", disse. A iniciativa conta com os patrocínios da Gerdau e da Cemig, esta última por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo de Minas Gerais.


Escrito por Redação, no dia 03/10/2018