Esportes

Vermetal tem decisão em Santana e Casa grande

 A Copa do Mundo, em disputa na Rússia,  tem proporcionado  inúmeras emoções. Medidas as proporções,  nesta primeira rodada da semifinal,  a nossa Taça Vermetal  equivaleu e não deixou por menos. Foram dois' jogaços' de arrepiar.

 

 Em Cristiano Otoni

 Nem mesmo a ausência de gols diminuiu o conceito da partida entre Cristianense e Futbar Casa Grande. Isso porque os goleiros foram os destaques do jogão.  O goleiro Juninho, do time da casa,  fez duas excelentes defesas no primeiro tempo.  Felipe ainda acertou o travessão em um belo chute. Pelo que foi observado pelos olheiros, o futebol esteve mais presente no campo de ataque e desperdiçou as melhores oportunidades,  mas o arqueiro Yan, que substituiu o Tontom em viagem Uberlândia-MG, relembrou seu tempo de Júnior no Ferroviário e também fechou o gol nos vários ataques do time do técnico  PedroTucano.

 

 O placar final em zero a zero levou a decisão da vaga para Casa Grande neste domingo, dia 1º,  a partir das 14 h. Sem Tony na armação das jogadas de ataque,  o Cristianense, do técnico Pedro Tucano,  começou com Juninho, Aislã,  Werley , Tião e Jessie;Pity, Felipe, Lalado e Dunguinha;Tifá e Bruno Sales.

O time do Danilo também não contou com Rogério e o artilheiro Tiago Arsênio, mas a assegurou o empate fora de casa iniciando a partida com Yan, Dione, Bruno, Diego e Davi; Ronilson, Júnior (Dudu), Túlio e Roginho;  Mulico (Merlon) e Dieguinho.

 No Morro da Mina

 Em outro jogo sensacional, o Azulão do Morro teve que se esforçar muito para salvar. O lance mais bonito do 1º tempo foi no cruzamento de Juninho pela direita, Michael recebeu na esquerda e,  já dentro da área verde passou pela marcação, finalizando em diagonal . Caprichosa, a bola bateu no pé da trave adiando o gol do Azulão do Morro.

 O Mineiro tinha, mas não aproveitava bem, uma 'Avenida' pela ala  direita, já que o Aliado permitia muito espaço naquele setor o meio Fábio do aliado permitia muito espaço naquele setor.

O meia Fábio, do Aliado, que reclamava muito de seus companheiros e não conseguia 'fazer' a liga com o ataque, recebeu cartão amarelo e facilitou a troca feita pelo treinador.Tareco entrou em seu lugar no intervalo. Neste período de descanso,  o volante Rodrigo e Juniel se desentenderam no vestiário santanense, mas os ânimos foram acalmados e as laranjas jogadas.

 Veio o 2º tempo e aos 2 minutos, Renato escorou o cruzamento de cabeça e abriu o placar para o Aliado,  de Santana dos Montes. Se o mineiro já atuava sob pressão vinda do banco, que mais uma vez atrapalhava o rendimento da equipe, a tensão ficou ainda maior. O Azulão mostrava mais volume de jogo e até atacava mais, mas encontrou o adversário tão ou mais disposto levando vantagem nas divididas. O que gerava bons contra-ataques. O jogo ficou franco e ainda mais emocionante. O artilheiro Charles, que já havia marcado 7 vezes na Vermetal, não conseguia furar a defensiva e o goleiro Juniel foi se transformando em  maior destaque da partida.

A arbitragem foi rigorosa e atenta. Yuri, do Aliado, foi expulso aos 15 minutos por ter errado a bola e acertado o adversário. Mais tarde,o bom lateral-esquerdo Ramon, do Mineiro, e Tareco, o meia-esquerda do Aliado, desentenderam-se e foram expulsos. No apito, Fábio Andrade mantinha o pulso e domava o jogo bastante pegado, mas  disputado  na bola. Já nas bandeiras, Marcelo Fernandes se empolgou em um lance e o árbitro dispensou sua bandeirada.

 Ely José de Souza, que veio da grande BH, cometia um erro bem como auxiliares  locais.De Souza bandeirou o tempo todo em 'impendimento', à frente da zaga. O deslize do árbitro ficou em não coibir a sequência de faltas para advertências cometidas pelo bom zagueiro Lucas, do Mineiro. O cartão amarelo foi mostrado após a 3ª falta e depois o defensor ainda cometeu e outras duas.

 Outro destaque era Danilo, que se mostrava eficiente no ataque e depois na 'briga' pela bola no meio-campo.

 Com esse sensacional empate,  Aliado e Mineiro decidirão  a vaga neste domingo, dia 1º,  em Santana dos Montes. Do meio para frente, o Mineiro não conseguia o aproveitamento dos ataques, até que  Yago fez o cruzamento Charles marcou o gol 'salvador' do empate aos 48 minutos, 1 a 1.

  Mineiro: Reginaldo,  Juninho (Dudu Juvenal), Lucas e Ramon, Robson, Roger. Kaka (Yago) e Brener; Charles e Michael (Diego).

Aliado: Juniel, Gleisson, Dodô, Wesley e Wagner, Rodrigo (Kokun), Yuri, Fábio e Júlio, Danilo e Renato (Gil). Técnico Emerson Boi.

Regulamento

De acordo com o regulamento, quem vencer será finalista, mas no caso de  novo empate,  a decisão será na prorrogação e,  se necessário,  nos pênaltis. Por isso, as partidas começarão às 14 h. (Amauri Machado).


Notícia enviada por Redao, no dia 01/07/2018




Comente esta Notícia

Galerias

Noite de homenagens em Lafaiete promovida pela agência de pesquisa RJSUL Comunicação (antiga CNPP)

Enquetes

Qual notícia chamou mais sua atenção?


Enquetes 2


No momento, não temos nenhuma enquete ativa.


Colunistas




EXPEDIENTE

DIRETOR-PRESIDENTE E EDITOR: Luiz Fernando de Andrade GERÊNCIA GERAL: Clésio Samuel Luiz Peixoto SUB-GERENTE: Edmilson Moreira Dutra REDATORA: Juliana Monteiro REDATOR-ADJUNTO: Hugo Pacheco Jr. REPORTAGEM: Frances Santana / Rafaela Melo PAGINAÇÃO GRÁFICA: Daniel Vieira / Raquel Gonçalves PUBLICIDADE: Mara Rúbia de Oliveira Silva / Silvana Ribas REVISÃO E DIGITAÇÃO: Jussara Andrade COORDENADOR DE ESPORTES: Amauri Machado (DRT 08266) BANCO DE DADOS: P. de Souza SECRETÁRIA: Norma Aparecida Vitoreti Ramalho CIRCULAÇÃO: Valdiney Rodrigo Vieira Rodrigues IMPRESSORES GRÁFICOS: Wilson Ricardo de Souza / Willian Ribeiro CONSELHO EDITORIAL: Dr. José Álvaro Castanheira / Luiz Fernando de Andrade / Clésio Peixoto / Juliana Monteiro