Política


Lafaiete ganha pouco mais de 10 mil eleitores em 10 anos



Pouco mais de 93 mil eleitores irão às urnas nas eleições de 7 de outubro de 2018. O nú­mero representa um acréscimo de 1,4% em relação aos votantes registrados nas eleições de 2016 e de 3,4% em 2014, para os que estavam aptos a votar nas eleições gerais de 2014. Apesar de o número de eleitores jovens aptos a votarem, em 2018, ainda seja uma incógnita, o histórico aponta para uma possível queda na representação desse eleitorado. Desde 2008, quando os votantes até 20 anos respondiam por 8,5% do eleitorado de Lafaie­te, esse grupo vem perdendo espaço. No último pleito, de 2016, eles representavam uma fatia de apenas 6,4% dos votantes.

Desses eleitores, há pessoas entre 16 e 17 anos, que não são obrigados a votar. Por outro lado, tem se observado que, mesmo entre os votantes de 18 e 20 anos, muitos mostram disposição em não ir às urnas, mesmo tendo que justificar ou pagar multa. É o caso da estudante e fotógrafa Maria Isabel Oli­veira, 21 anos. Ela residia no Rio de Janeiro e fez sua transferência para o domicilio eleitoral de Con­selheiro Lafaiete. "Nos anos anteriores, eu justifiquei, mas neste ano, não posso mais. Em relação ao voto, acredito que não faz muita diferença. Se eu pudesse, não votaria. Estamos em uma época em que o voto não faz diferença para nada. A gente faz esse esforço todo, vota e depois fica desta forma que a gente está vendo", afirmou a jovem, de­monstrando sua descrença em mudanças no mun­do político que beneficiem a população.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 9 de junho


Escrito por Redação, no dia 07/06/2018