Comunidade


Pimentel adia pagamentos e escolas estaduais de Lafaiete paralisam as aulas



Várias escolas estaduais de Lafaiete e região iniciaram suas atividades de portas fechadas. Segundo informações apuradas por nossa equipe, Pacífico Viera, Lopes Franco, Monsenhor Horta, Professor Astor Vianna (paralisação parcial) estão entre os educandários que suspenderam as aulas no dia de hoje, 16/05. A paralisação foi mobilizada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) como reação ao atraso em pagamento de servidores do estado, anunciado pelo governador Fernando Pimentel (PT).

Na avaliação da entidade, o adiamento da escala de pagamento dos servidores, marcada para 16 de maio, já era abusiva, mas, agora, a situação piorou.  "A paralisação e a manifestação são respostas da categoria diante do injustificável atraso do pagamento anunciado pelo governador Fernando Pimentel de alterar a data do recebimento da primeira parcela do pagamento do salário", destacou o Sind-UTE em seu site oficial. 


Posição do governo   
O governador Fernando Pimentel explicou que o atraso vai ocorrer porque será preciso rodar outra folha de pagamento. Isso acontece devido à lista encaminhada pelo Tribunal de Contas do estado (TCE-MG) na terça-feira, 10 de maio, que enumerou os 96 mil funcionários suspeitos de acumular cargos ilicitamente no governo. Eles terão os contracheques suspensos já neste mês.

"Como recebemos a listagem do TCE daqueles quase 100 mil servidores públicos que teriam acumulação indevida de cargos e, portanto, temos que corrigir isso, vamos ter que rodar outra folha de pagamento. Então, essa folha que estava prevista para ser paga no dia 16 vai ter que sofrer um pequeno adiamento de dois ou três dias, talvez. Não vai ser coisa muito longa, mas vai ter que ser um pequeno adiamento para a gente começar a fazer a correção dessas irregularidades", informou, em nota, o governador Fernando Pimentel.


Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 16/05/2018


Comente esta Notícia