Saúde


Desempregada vive espera angustiante para fazer exame



A angústia de não conhecer o seu real estado de saúde é o que tem preocupado a dona de casa Angélica de Fátima Rodrigues, 56 anos. Moradora do bairro Santa Matilde (zona sul), ela percebeu que havia algo de errado com ela em dezembro. Desde então, luta para conseguir os exames que trarão um diagnóstico mais claro do seu quadro. "Eu consultei no posto 2 do bairro Santa Matilde em janeiro. Fiz vários exames, que mostraram que eu tinha sangue nas fezes. Então, o médico pediu que eu fizesse a colonoscopia com urgência", relata.

Leia mais na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 5 de maio.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 04/05/2018


Comente esta Notícia